No que se baseia afinal. DIREITA x ESQUERDA na politica.


O que é Direita:

Direita é uma palavra que pode representar um posicionamento político, partidário e ideológico. De acordo com um conceito primário das Ciências Políticas, a direita é marcada pelo conservadorismo social e do governo, defendendo os direitos individuais e os poderes sociais, colocando valores religiosos e tradicionais como essenciais para a construção de uma sociedade moralmente decente.
Para compreender melhor a origem do conceito de "direita" para a política, é necessário observar o cenário da Revolução Francesa (processo revolucionário fundamentado em conceitos da filosofia iluminista), no final do século XVIII. O termo "direita" referia-se ao grupo de parlamentares que se sentava ao lado direito do presidente da Assembleia Nacional Constituinte, enquanto elaboravam as leis que iriam reger a república, em substituição ao regime monárquico. 
Esses políticos defendiam ideais e leis mais conservadoras e tradicionalistas, em confronto aos políticos que sentavam à esquerda, que defendiam propostas políticas mais radicais, que buscavam mudanças na sociedade. 
A partir desta configuração, as ideias passam a ser associadas aos termos "direita" ou "esquerda", para definir a preferência política de cada um: conservador ou revolucionário.  
No século XIX, a classe dominante foi marcada pela burguesia, enquanto que a classe operária tentava definir alternativas para criar projetos que favorecessem toda a sociedade de forma igualitária. Conceitos como o Socialismo, Anarquismo e o Comunismo surgiram e passaram a ser classificados como parte das ideias "esquerdistas", enquanto que os ideais da burguesia, como o Liberalismo, que tinha como objetivo preservar as relações e privilégios mantidos pelos mais ricos, e outros regimes totalitários, como o Fascismo e o Nazismo, passaram a ser associados à "direita". 
Em inglês, a palavra "direita" é traduzida para right e "esquerda" éleft. No entanto, quando a palavra é usada no âmbito da política, um partido de direita é descrito como right-wing (ala direita) e os de esquerda como left-wing (ala esquerda).

Direita no Brasil

Atualmente, no Brasil não existem partidos políticos que se intitulam como sendo "de direita", em seu sentido clássico. Porém, podemos encontrar alguns traços de grupos conservadores que apoiam ideais típicos de partidos de direita. 
Muitos cientistas políticos acreditam que o conceito maniqueísta de "direita" e "esquerda" está defasado, pois existem muitas variantes entre os posicionamentos políticos atuais, que mesclam ideologias tipicamente "esquerdistas" com atitudes e interesses que beneficiariam os "de direita". 

O que é Esquerda:

Esquerda é o termo utilizado para denominar um posicionamento político, partidário e ideológico que tem como principal objetivo defender os interesses de grupos sociais, disseminando o igualitarismo e as ideias progressistas.
Atualmente, os grupos de esquerda são conhecidos por apoiarem sistemas de reformas sociais - como o socialismo -  onde o Estado teria uma influência maior sobre a sociedade.
A ideologia esquerdista defende, principalmente, às classes sociais menos favorecidas e mais carentes financeiramente, ou seja, àquelas que necessitam exclusivamente dos serviços públicos.
A origem do termo “esquerda”, como um posicionamento político-ideológico, surgiu durante as Assembleias Constituintes francesas do século XVIII.
Nestas sessões, havia a clara separação entre os grupos burgueses e conservadores - que sentavam do lado direito na Assembleia, pois não gostavam da participação dos grupos mais populares - enquanto que as pessoas que pertenciam as classes mais humildes, e que eram adeptas do revolucionismo, ficavam do lado esquerdo da sala.
A partir deste cenário, o “esquerdo” passou a simbolizar o ideal de luta pelos direitos populares e pelos trabalhadores; e a “direita” virou sinônimo de conservadorismo e elitismo.
Atualmente, a definição de um posicionamento político tornou-se mais complexa do que a antiga dualidade entre “esquerda e direita”, surgindo assim inúmeras variações desses conceitos, de acordo com os conjuntos de pensamentos políticos de cada grupo.
No cenário atual, o espectro político pode variar desde a “extrema-esquerda” ou “ultraesquerda”, passando pela “esquerda”, “centro-esquerda”, “centro”, “centro-direita”, “direita” e “extrema-direita”. Essa classificação é conhecida como “régua ideológica”.
A “ultraesquerda” é considerada o palco para os “esquerdopatas”, indivíduos considerados fanáticos pela ideologia esquerditas e que, em alguns casos, chegam a ultrapassar alguns limites em respeito aos seus ideais políticos.
Existem ainda outros grupos políticos específicos dentro da ideologia esquerdista, como a “esquerda liberal”, que une princípios do Liberalismo e do movimento de Esquerda.
by Deise
Fonte: significados.com.br

Comentários

Postagens mais visitadas