Postagens

Mostrando postagens de Março 3, 2013

Uma normal sexta feira. by Deise

Imagem

Proletaristas e Teocratas: a mesma crença, deus diferente

Imagem
A crença dos proletaristas não se distingue da crença dos teocratas: “Acreditamos no movimento hitórico da humanidade”

Não existe um “Movimento histórico da humanidade“, mas existem teses que explicam a trajetória de nossa espécie em sua peregrinação pelo Planeta Terra desde o centro da África. Mas nessa, literalmente, caminhada, a espécie se espalhou na Terra e se especializou, desenvolvendo habilidades específicas de acordo com a latitude e a qualidade do solo onde se localizavam.

Dizer que uma escola não é transformadora se não for a escola proletarista é tão burro que faz doer os ossos, pois onde estava esta escola maravilhosa nos mais de 10.000 anos de história da humanidade e que conduziu ao progressos que temos hoje?

E onde está a escola progressista dos países “progressistas” hoje?

“A escola transformadora está inserida nas tendências Pedagógicas Progresistas.”

Vamos começar resgatando o que é progressista:

“progressista

http://michaelis.uol.com.br/moderno/portugues/index.php?lingua=…

Incra é o maior desmatador da Amazônia

Imagem
JULHO DE 2012

O Ministério Público Federal (MPF) iniciou essa semana uma nova etapa da atuação contra o desmatamento ilegal na Amazônia. Foram ajuizadas ações em seis estados – Pará, Amazonas, Rondônia, Roraima, Acre e Mato Grosso – que apontam o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) como o maior desmatador da região. As ações reúnem dados inéditos sobre o desmatamento em assentamentos de reforma agrária que mostram que cerca de um terço das derrubadas ilegais vêm ocorrendo nessas áreas.

“Os procedimentos irregulares adotados pelo Incra na criação e instalação dos assentamentos vêm promovendo a destruição da fauna, flora, recursos hídricos e patrimônio genético, provocando danos irreversíveis ao bioma da Amazônia”, dizem as ações iniciadas essa semana, resultado de investigação conjunta que demorou um ano para ser concluída.

A participação do Incra no volume total de desmatamento da região também vêm crescendo por conta da regularização ambiental da atividade pecuá…

Aula de História

Imagem
Circula na internet reprodução do diálogo entre Colbert e Mazarino durante o reinado de Luís XIV, entre 1643 e 1715, na peça teatral Le Diable Rouge, de Antoine Rault:


Colbert: - Para arranjar dinheiro, há um momento em que enganar o contribuinte já não é possível. Eu gostaria, Senhor Superintendente, que me explicasse como é possível continuar a gastar quando já se está endividado até o pescoço…

Mazarino: - Um simples mortal, claro, quando está coberto de dívidas, vai parar à prisão. Mas o Estado é diferente!!! Não se pode mandar o Estado para a prisão. Então, ele continua a endividar-se… Todos os Estados o fazem!

Colbert: - Ah, sim? Mas como faremos isso, se já criamos todos os impostos imagináveis?

Mazarino: - Criando outros.

Colbert: - Mas já não podemos lançar mais impostos sobre os pobres.

Mazarino: - Sim, é impossível.

Colbert: - E sobre os ricos?

Mazarino: - Os ricos também não. Eles parariam de gastar. E um rico que gasta faz viver centenas de pobres.

Colbert: - Então, como faremos?

M…