Lista de bens declarados por politicos Brasileiros. É de não acreditar, em tamanha ganância e ambição. Como dizemos, nós os antigos, "as raposas ficam velhas, perdem os pelos, mas jamais o vício". by Deise






Em outubro deste ano, os eleitores brasileiros irão às urnas para eleger presidente, governadores, senadores, deputados federais e estaduais. O site de VEJA fez um levantamento na base de dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e identificou os bens mais curiosos e extravagantes declarados pelos mais de 25.000 candidatos que, juntos, informaram ter patrimônio de 17 bilhões de reais.
Com Carlos Jorge e Marcela Mattos


A garagem de Fernando Collor de Mello (PTB-AL)


Cargo: candidato ao Senado
Total dos bens: 20.308.319,48 reais
Ex-presidente da República, o senador Fernardo Collor nunca deixou de lado o gosto pelo luxo. À época em que esteve no Palácio do Planalto, desfilou em carros importados e chegou a dizer que os veículos nacionais eram “carroças”. Na sua garagem, mantém os mesmos gostos: catorze carros, entre eles Ferrari, BMW, Cadillac e Mercedes-Benz E320. Na lista, apenas um nacional: um Gol, que certamente não foi adquirido para o uso próprio. 

Eunício de Oliveira (PMDB-CE), o rei do gado

Cargo: candidato ao governo do Ceará
Total dos bens: 99.022.714,17 reais
O senador Eunício de Oliveira é um conhecido defensor dos interesses ruralistas no Congresso Nacional. Não à toa: o candidato ao governo do Ceará é proprietário – em parte ou na totalidade – de noventa imóveis rurais nos Estados de Goiás e Ceará. Para complementar o patrimônio milionário, o peemedebista ainda tem participações em empresas ligadas à agropecuária e mais de 500.000 reais em animais de rebanho.  

Ronaldo Cezar Coelho (PSD-RJ), o curador

Cargo: 1º suplente de senador 
Total dos bens: 553.352.623,30 reais
Irmão do comentarista de futebol Arnaldo Cezar Coelho, o candidato Ronaldo Coelho tem boa parte de seu meio bilhão de reais investida em esculturas e obras de arte. São três quadros de Candido Portinari, que somam 4,7 milhões de reais, além de dois de Di Cavalcanti e um do italiano Alfredo Volpi – o mais caro de todos, avaliado em 9,8 milhões. A obra de Volpi, aliás, ultrapassa em um milhão de reais o valor de seu apartamento no Leblon. 

Roberto Requião (PMDB-PR), armado até os dentes

Cargo: candidato ao governo do Paraná
Total dos bens: 1.190.564,33
Conhecido pelo temperamento explosivo, o candidato ao governo do Paraná Roberto Requião listou, entre seus bens, um item um tanto inusitado: uma coleção de armas. O acervo, conforme informou ao TSE, tem o valor de 10.000 reais. Curiosamente, o senador foi contrário ao projeto que liberou o porte de arma aos agentes penitenciários. Requião é proprietário ainda de dois imóveis e quatro veículos antigos – um deles, fabricado em 1928 e sem valor de mercado, foi avaliado pelo preço de um real.

A casa da moeda do Pastor Manoel Ferreira (PSC-DF)

Cargo: candidato a primeiro suplente de senador
Total dos bens: 3.582.074,77 reais
O candidato Manoel Ferreira seria apenas mais um político rico, não fosse a curiosidade de um dos itens que engorda seu patrimônio: ele soma 950.000 mil reais em uma coleção de moedas e cédulas antigas, o referente a um quarto de todos os seus bens. Além de ações bancárias e um carro popular, o candidato de 82 anos tem um apartamento de 2,1 milhões de reais em Jacarepaguá, no Rio de Janeiro.   

Leonardo Quintão (PMDB-MG) e o dinheiro no colchão

Cargo: candidato a deputado federal por Minas Gerais
Total dos bens: 17.896.869,33
O deputado Leonardo Quintão integra a lista dos brasileiros que ainda preferem manter suas economias em casa. No caso dele, porém, o valor é diferenciado: guarda uma fortuna de 2,6 milhões de reais em dinheiro vivo – apenas 8% do investido em contas no Bradesco e na Caixa Econômica Federal. Quintão ainda tem uma casa de 10 milhões de reais em um condomínio de luxo no município de Nova Lima (MG) e um imóvel de 875.000 reais em Belo Horizonte. 


Ataídes Oliveira (Pros-TO), o aviador

Cargo: candidato ao governo do Tocantins
Total dos bens: 28.113.271,50
O empresário Ataídes de Oliveira é sócio majoritário de pelo menos oito empresas, entre elas uma construtora e uma academia. Embora nas eleições deste ano ele não tenha citado a Cielo Trading e Taxi Aéreo entre suas participações, companhia avaliada em quase 6 milhões de reais em 2010, quando elegeu-se 1º suplente de senador, ele ainda é dono de um jato Jato PT Tra Beech Aircraft 2001 - RK 307, avaliado em 7,5 milhões de reais, e de uma aeronave de 430.000 reais. O jato já foi usado pelo bicheiro Carlinhos Cachoeira para uma viagem à Bahia. 


Marcelo da S.A Advocacia (PSB-MG), o tio Patinhas

Cargo: candidato a deputado federal 
Total dos bens: 30.372.999,00
O candidato a deputado federal segue à risca o mandamento do apresentador Silvio Santos de apostar em “barras de ouro que valem mais do que dinheiro”: metade do seu patrimônio, ou seja, 15 milhões de reais, está investida em 500 quilos de ouro. O advogado é dono de uma empresa de mineração avaliada em 12 milhões de reais. Nas eleições de 2008, quando disputou, sem sucesso, o cargo de vereador, Marcelo declarou ter apenas 44.000 reais

Eriberto Medeiros (PTC-PE) e seus pôneis

Cargo: candidato a deputado estadual por Pernambuco
Total dos bens: 275.040.229,29
Candidato à reeleição na Assembleia de Pernambuco, Eriberto Medeiros é dono de um prédio de 45 milhões de reais, um ônibus da Mercedes-Benz de 15 milhões e ainda de seis apartamentos. O que chama atenção no patrimônio, porém, contradiz toda a aparente mania de grandeza: o pernambucano cria pôneis fêmeas desde julho de 2012. O candidato não informou quantos animais tem, apenas o valor: 6.960 reais.

Vitorino do Cartório (PMDB-RO), o pescador

Cargo: candidato a deputado estadual 
Total dos bens: 4.118.000,00
Embora carregue em seu nome eleitoral a profissão de tabelião, o candidato a deputado estadual Vitorino do Cartório tem como uma de suas principais fontes de renda a criação de tambaquis: são aproximadamente 50 toneladas mantidas por ele em cativeiro. Os peixes valem 200.000 reais, conforme informou ao TSE. Vitorino ainda mantém 480 cabeças de gado, estimadas em 576.000 reais. 
Dados atualizados no dia 28 de julho
by Veja

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

PALETES E CAIXOTES DE MADEIRA NA SUA CASA JÁ!

Reencarnação e Alma dos Animais por Chico Xavier

A flor mais rara do mundo