quinta-feira, 21 de novembro de 2013

Polícia resgata 3 mulheres que passaram 30 anos presas em uma casa em Londres


A polícia de Londres libertou três mulheres que viveram por 30 anos presas em uma casa no sul da capital inglesa. Dois suspeitos -- um homem e uma mulher, ambos de 67 anos -- foram detidos nesta quinta-feira (21).
Segundo a polícia, uma mulher malaia de 69 anos, uma mulher irlandesa de 57 anos e uma mulher britânica de 30 anos foram resgatadas da casa no último dia 25 de outubro. As três eram mantidas presas como "escravas domésticas".
A Scotland Yard informou que as três mulheres estavam "muito traumatizadas e foram levadas a um lugar seguro".
Os policiais agiram depois de terem sido contatados, em outubro, pela organização Freedom Charity, que recebeu uma ligação de uma mulher que dizia ser mantida contra sua vontade em uma casa por décadas.
Aneeta Prem, representante da entidade, disse que, a princípio, as três mulheres ficaram com medo de deixar a casa.

"Elas estavam aterrorizadas pelas pessoas que as mantiveram presas", disse.

Nenhum comentário:

DST pouco conhecida preocupa especialistas

A 'Mycoplasma genitalium' (MG), bactéria causadora de doença sexualmente transmissível, já tem mostrado resistência aos antibióti...