Prestes a completar 82 anos, Ziraldo inaugura exposição que destaca bumbuns femininos O artista pintou 16 telas de quase dois metros, todas feitas em acrílico. A mostra fica na Rua do Lavradio, no Centro


POR CLARISSA PAINS
15/10/2014 


Todos os quadros têm inspiração ou em celebridades ou em anônimas que Ziraldo observa da janela de seu apartamento, na Lagoa - Divulgação / Divulgação


RIO — “Nada diz mais sobre uma pessoa do que sua bunda”. Menos de três minutos de entrevista foram suficientes para o cartunista Ziraldo disparar a afirmação, que funcionou como força motriz para a exposição “As mulheres de Ziraldo”, inaugurada pelo artista na última segunda-feira, na Galeria Scenarium, no Centro. A mostra reúne 16 telas de quase dois metros de altura. Todas inspiradas em mulheres que fascinam o autor: de famosas como Marilyn Monroe e Betty Grable aos tipos carioquíssimos das mulatas e “garotas de Ipanema”, representadas por anônimas que Ziraldo vê passar da janela de seu apartamento na Lagoa.

— Eu sou especialista em bunda! Sei o significado de cada tipo, até dos masculinos. Homem de bunda alta, por exemplo, não presta — sentencia Ziraldo, emendando numa risada. — Para mim, o ditado que funciona é “mostras tua bunda e eu te direi quem és”. Mas é claro que, na hora de pintar, prefiro sempre pintar mulheres, e não homens, não é? — diz ele, bem-humorado.

O cartunista conta que, há três anos, resolveu colocar as mulheres de sua imaginação em grandes dimensões e em cores vivas. Desde então, o projeto foi tocado aos poucos. Em parte, devido ao gosto de Ziraldo pela vagareza, e, de outro lado, por suas mãos terem hoje menos firmeza do que o artista gostaria.

— Eu sempre quis fazer telas grandes em acrílico, mas não consigo passar o acrílico com muita precisão. Então eu pinto com tinta líquida e quem passa o acrílico é o Paulo Vieira, um artista plástico mineiro importante da nova geração — revela ele.

Prestes a completar 82 anos no dia 24 de outubro, Ziraldo pretende comemorar a data durante a própria exposição.

— Não tenho muitos planos, mas acho que vou atravessar a Rua do Lavradio e tomar um porre — brinca ele, contendo uma risada.

O casarão histórico foi escolhido pelo próprio artista para expor suas obras, que ficarão por lá até 29 de novembro.

— Os cariocas precisam saber que esta é a mais bela galeria do Rio. E aquela rua te transporta para um outro lugar. É uma rua artística, cheia de antiquários, bares — diz.

Pintor, escritor, chargista e cartunista, não é de espantar que ele acumule projetos simultâneos. Além da mostra, o que anda ocupando sua mente é um novo livro da coleção “Os meninos e os planetas”. A publicação já está nos últimos retoques e deve ser lançada no Natal. Será o sétimo livro da coleção, que, a cada edição, relaciona uma criança com um planeta.


— Quando eu comecei a coleção, há sete anos, foi um pretexto, na verdade. Como no total seriam dez livros, um por ano, eu já garantia a minha vida por mais dez anos. Com esse projeto em mente, eu só posso morrer em 2017! — diverte-se ele.

SERVIÇO

Rua do Lavradio 15, Centro Antigo. De terça a sábado, das 13h às 19h. Tel.: 3147-9017. Entrada gratuita.

Read more: http://oglobo.globo.com/rio/bairros/prestes-completar-82-anos-ziraldo-inaugura-exposicao-que-destaca-bumbuns-femininos-14255625#ixzz3GKS1N0U7

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

PALETES E CAIXOTES DE MADEIRA NA SUA CASA JÁ!

Reencarnação e Alma dos Animais por Chico Xavier

A flor mais rara do mundo