Hello Kitty é um ser humano, e não um gato, dizem criadores


Empresa japonesa Sanrio fez a revelação a antropóloga que montava mostra sobre a personagem





RIO
- Contrariando o consenso de toda uma geração, a mundialmente conhecida personagem Hello Kitty não é um gato, mas uma menina.


A informação foi dada pela empresa que a criou, a japonesa Sanrio, de acordo com o jornal "LA Times". A revelação veio à tona enquanto a antropóloga Christine R. Yano, da Universidade do Havaí, se preparava para montar uma exposição sobre a personagem no Japanese American National Museum.

Yano contou que, nos textos que usaria na mostra, descreveu Hello Kitty como uma gata. Ela recebeu, então, uma carta de correção da Sanrio.

"Eu fui firmemente corrigida", disse Yano à publicação. "Hello Kitty não é um gato. É uma menininha. É uma amiga. Mas não é um gato. Ela nunca é retratada sobre quatro patas. Ela anda e senta como uma criatura de duas pernas. Ela inclusive tem um gatinho de estimação chamado Charmmy Kitty."

A imagem de Hello Kitty foi usada pela primeira vez em 1974, em uma bolsa para se guardar moedas. Ao longo dos anos, a personagem se tornou um ícone cultural em todo o mundo.

Yano acrescentou que Kitty tem toda uma história de vida inventada. Ela, por exemplo, é britânica, gosta de torta de maçã, tem uma irmã gêmea e seus pais se chamam George e Mary White.

"Eu poderia continuar (contando a história), mas muita gente não sabe ou não se importa. É interessante, porque a Hello Kitty surgiu nos anos 1970, quando os japoneses e japonesas estavam interessados na Grã-Bretanha. Ela representava a infância idealizada, quase como uma cerca branca. Assim, sua biografia foi criada exatamente para os gostos da época", explicou a antropóloga.


by O globo

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

PALETES E CAIXOTES DE MADEIRA NA SUA CASA JÁ!

Reencarnação e Alma dos Animais por Chico Xavier

A flor mais rara do mundo