Casamento coletivo vai ser no Fórum de Santana do Livramento

Santana do Livramento

Por questões de segurança, juíza decidiu não celebrar a união, que inclui um casal gay, no CTG que está sendo reconstruído após incêndio

por Nilson Mariano, 
de Santana do Livramento
12/09/2014 | 19h10

Voluntários trabalham para reerguer o CTG Sentinelas do PlanaltoFoto: Carlos Macedo / Agencia RBS


Nem no Centro de Tradições Gaúchas (CTG) Sentinelas do Planalto, nem napraça em frente ao galpão destruído por incêndio. A juíza Carine Labres anunciou, na noite desta sexta-feira, que o palco do casamento de 28 casais heterossexuais e um casal gay, marcada para este sábado, vai ser o salão do júri do Fórum de Santana do Livramento.

— Em que pese o esforço dos trabalhadores voluntários e pensando na segurança de todos, decidimos transferir o evento — justificou a magistrada.

Carine ainda declarou que pretende dar seguimento à celebração de casamentos coletivos, mas que não vai mais tentar que sejam feitos em CTGs, com o argumento de que poderia parecer uma "afronta".

Juíza de Santana do Livramento tenta tirar do ar perfil falso no Facebook
Polícia gaúcha pede ajuda ao Uruguai para localizar carro visto próximo a CTG
Leia todas as notícias sobre casamento gay
Após uma vistoria feita no CTG, às 18h, o comandante do Corpo de Bombeiros local, primeiro tenente José Henrique Martins Rodrigues, afirmou que, mesmo se as obras fossem concluídas, não haveria tempo hábil para fazer a vistoria final que poderia liberar o alvará de funcionamento.

Sob um clima de frustração dos operários voluntários, que trabalharam dia e noite para reconstruir o galpão, o patrão do Sentinelas do Planalto, Gilbert Gisler, aceitou a justificativa e acrescentou que ficaria muito "apertado para lavar e decorar" o espaço do casamento.

CTG foi atingido por um incêndio na madrugada de quinta-feira. O fogo destruiu cerca de 40% da agremiação, atingindo principalmente o palco e o salão de baile, exatamente onde foi marcada a cerimônia. Voluntários trabalham desde a quinta-feira para reerguer a estrutura avariada até o horário do casamento — convocação do mutirão partiu da magistrada, ao pedir ajuda para reconstruir o CTG em "tempo recorde".

Polícia Civil vai pedir auxílio à polícia uruguaia para localizar o automóvel Gol branco avistado por testemunhas pouco antes do início das chamas. A segunda fase da investigação começou nas primeiras horas da manhã desta sexta-feira.
Coquetel molotov pode ter causado incêndio em CTG, diz políciaMoradores de Santana do Livramento se juntam para reconstruir CTGLeia todas as últimas notícias de Zero Hora
A secretária de Justiça e Direitos Humanos do governo estadual, Juçara Dutra Vieira, acompanhará o evento representando o governador Tarso Genro. Na manhã deste sábado, já em Livramento, ela lamentou o ataque cometido contra o CTG.
— É um episódio lamentável de violência física e simbólica, mas que, de alguma forma, serviu para mobilizar a sociedade — declarou Juçara.
A secretária considera que a iniciativa da juíza em promover o casamento no local foi "altamente positiva", embora possa levar "algum tempo para ser assimilada". Mas afirmou que o atentado não representa a cultura regional:
— A tradição rio-grandense não é de intolerância.
A ministra da da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, Ideli Salvatti, também deve acompanhar a cerimônia.
União controversa
13/09/2014 | 11h33


Acompanhe os preparativos para 

o casamento gay em Livramento



Cerimônia foi transferida de CTG para fórum, que foi decorado com motivos gauchescos

Acompanhe os preparativos para o casamento gay em Livramento Carlos Macedo/Agencia RBS
Fórum de Livramento foi decorado com cores das bandeiras gaúcha e do movimento gay para receber casamentoFoto: Carlos Macedo / Agencia RBS
Nilson Mariano, de Santana do Livramento
Autoridades viajaram a Santana do Livramento para acompanhar a cerimônia de casamento coletivo que resultou em polêmica nacional ao prever a união de um casal gay, entre outros heterossexuais, em um Centro de Tradições Gaúchas (CTG). O evento, previsto para as 16h, foi transferido para o fórum da cidade depois de um incêndio consumir cerca de 40% da estrutura do CTG.
Beba na fonte: Incêndio consumir cerca de 40% da estrutura do CTG.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

PALETES E CAIXOTES DE MADEIRA NA SUA CASA JÁ!

Reencarnação e Alma dos Animais por Chico Xavier

A flor mais rara do mundo