quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

Lula, síndico de um país de corruptos


01/02/2016

Tá, tudo bem que as empreiteiras brasileiras são as mais boazinhas do mundo, entram em nossa casa, em nosso sítio e saem arrumando tudo sem a gente pede mesmo que não seja dono. Claro, isso se você tiver o sobrenome mais famoso da republiqueta propineira do Brasil.
Foi o que descobrimos que acontece com os “Lula da Silva” logo depois de seu “god father” dizer que era “mais honesto que o papa”. E sucedem-se fatos e mais fatos de fanho perguntando adifinha quem fa falando?
Essa é a analogia para as explicações dadas pelo Instituto (?) Lula toda vez que seu mentor (?) aparece com o dedo enfiado no “melado” surrupiado do governo. Parece piada, mas é a política da petelândia!
The new Elba
Collor foi afastado da presidência por uma Elba. Claro que havia fatos que o ligavam à corrupção, mas a Elba era a digital no melado. Agora, Lula não é presidente, mas é o mala mais influente de nossa política, o falastrão da repúblida! Afastá-lo da política é um dever!
Seu erro (e possivelmente a de sua esposa também) foi não ser a mulher de Cézar, aquela a quem não basta ser honesta, mas parecer honesta. Coisa que, para ele e para os seus, não fazia o menor sentido, pois ostentavam poder como se fossem medalhões de ouro dos rappers.
Deu no que deu – ainda bem - , pois agora sabemos que o símbolo do governo petista é um apartamento no Guarujá. Não foram as conquistas sociais, não foram as “inclusões”. É o tríplex “sem dono”.
O que vai acontecer?
Ora, um punhado de contradições que o incriminarão. Se não ele, que até agora só depôs como testemunha em salinhas fechadas, dona Marisa, a muda. Pois terá que falar, e “mudos” quando falam acabam falando demais.
Já Lula terá o depoimento mais aguardado da operação (seja lá qual delas, pois são tantas em que o sapo barbudo aparece) e, sem o CNPJ para responder por ele, restará apelar para a retórica enganadora. Não irá funcionar.
Lula é o síndico de um prédio chamado Brasil, onde seus “administradores” são gênios que levam cooperativas à falência, têm consultorias lucrativas e empresas milagrosas. Currículo suficiente pra largar tudo e ser tesoureiro de agremiação.

Nenhum comentário:

STF custará R$ 2 milhões por dia em 2018.

       O Supremo Tribunal Federal (STF) tem um orçamento de R$ 714,1 milhões previsto para este ano. O montante representa um custo de...