sábado, 18 de fevereiro de 2017

Humberto Costa: é hora de assumir a corrupção do PT

Senador é o primeiro petista do núcleo duro do partido a vir a público

dizer que chegou o momento  de o PT admitir a corrupção e pedir 

desculpas

Por Marcela Mattos, Thiago Bronzatto



Humberto Costa (Cristiano Mariz/VEJA)

 O senador Humberto Costa (PT-­PE) foi ministro da Saúde do governo Lula, esteve no olho do furacão 


 durante a prisão de Delcídio do Amaral, o ex-petista preso tentando obstruir a Lava-Jato, e durante o
 traumático processo de impeachment da correligionária Dilma Rousseff. Atuou na linha de frente para
 amparar o que restou do PT e era o líder do partido no Senado até duas semanas atrás. É, portanto, um
 petista do núcleo duro da legenda — e, também, a primeira voz autorizada a dizer publicamente, como
 fez em entrevista a VEJA, que chegou a hora de o PT admitir que se envolveu em corrupção, pedir
 desculpas à sociedade pelos erros que cometeu, abandonar o discurso de “denúncia do golpe” e
 apresentar propostas econômicas para tirar o país do atoleiro. “A autocrítica é necessária, essencial,
 mas não é suficiente”, afirma.

Nenhum comentário:

STF custará R$ 2 milhões por dia em 2018.

       O Supremo Tribunal Federal (STF) tem um orçamento de R$ 714,1 milhões previsto para este ano. O montante representa um custo de...