Como o Ebola está rendendo lucros no mercado financeiro

Lakeland Industries, empresa especializada em roupas de proteção individual, vê suas ações dispararem 20% nesta terça-feira na bolsa americana Nasdaq


Cellou Binani/AFPCentro de tratamento do ebola na Guiné

Mais casos do vírus Ebola vão se espalhar quase que inevitavelmente pela Europa, disse hoje a diretora regional da Organização Mundial da Saúde
São Paulo – As preocupações referentes ao vírus Ebola já começam a ganhar reflexos no mercado financeiro.
A Lakeland Industries, uma empresa especializada em roupas de proteção individual, viu suas ações dispararem 20% nesta terça-feira na bolsa americana Nasdaq, com a percepção de que a venda de equipamentos cresça significativamente nos próximos meses.
Há uma semana, o primeiro caso de Ebola foi confirmado nos Estados Unidos. Desde então, os papéis da Lakeland já avançaram 40%.
Além disso, as ações de companhias farmacêuticas também chegaram a exibir ganhos expressivos desde que os casos de Ebola se intensificaram. São os casos de Tekmira, BioCryst e Chimerix, empresas que trabalham em pesquisas para a cura da doença.
No entanto, as pesquisas mais desenvolvidas sobre o vírus estão nas mãos da Map Pharmaceuticals, que tem capital fechado.
Preocupações
Mais casos do vírus Ebola vão se espalhar quase que inevitavelmente pela Europa, mas o continente está bem preparado para controlar a doença, disse hoje a diretora regional da Organização Mundial da Saúde (OMS).
Em entrevista à Reuters poucas horas após o primeiro caso de contágio local de Ebola ser confirmado na Europa, em uma enfermeira na Espanha, a diretora da OMS para Europa, Zsuzsanna Jakab, disse que mais incidentes do tipo são "inevitáveis".

 Size_80_marcelo-poli

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

PALETES E CAIXOTES DE MADEIRA NA SUA CASA JÁ!

Reencarnação e Alma dos Animais por Chico Xavier

A flor mais rara do mundo