Marfinense Zokora: "Futebol não é tudo. Um pai morreu hoje"

Não foi o pai de Serey Die que morreu horas antes da partida contra a Colômbia. Segundo Zokora, a perda foi de outro jogador da Costa do Marfim. Entenda a confusão


REDAÇÃO ÉPOCA
19/06/2014 16h25 - Atualizado em 19/06/2014 19h25
Um grande mal-entendido confundiu a imprensa internacional após a partida entre Colômbia e Costa do Marfim, nesta quinta-feira (19), no Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha. 
O marfinense Serey Die, de 29 anos, roubou a cena na execução do hino nacional da Costa do Marfim. Visivelmente emocionado, o jogador foi às lágrimas e foi bastante consolado pelos colegas de time. 
Após o término da partida, o jogador marfinense Didier Zokora afirmou em seu perfil no Twitter que o pai de um dos jogadores da seleção da Costa do Marfim havia morrido nesta quinta-feira (19), momentos antes do jogo. A mensagem foi postada junto com uma imagem de Serey Die, em prantos, consolado por dois outros colegas de time. Após a publicação do tuíte, a imprensa internacional concluiu que fora o pai de Serey Die que havia morrido - o que justificaria tamanha emoção durante a execução do hino nacional. 
Durante a tarde, veículos como o The GuardianThe Telegraph The Daily Mail noticiaram que Serey Die ficara sabendo da morte do pai duas horas antes da partida.  No final da tarde, Serey Die desmentiu a informação por meio de seu perfil na rede social Instagram. Ele afirmou que,  na verdade, seu pai morreu em 2004 e que o motivo de seu choro foi unicamente a emoção de vestir a camisa da Costa do Marfim no mundial.  "Emoção de servir meu país." Ele ainda aproveitou a mensagem para pedir desculpas aos torcedores da seleção marfinense por um "erro" cometido durante a partida, que contribuiu para que a Colômbia marcasse seu segundo gol na partida.

O jogador marfinense negou que ficou sabendo da morte de seu pai duas horas antes da partida contra a Colômbia (Foto: Reprodução / Instagram)
Restou a dúvida. Afinal, que jogador da Costa do Marfim perdeu seu pai no dia da estreia no mundial?  Didier Zokora esclareceu. Em sua conta no Twitter, afirmou que foi o jogador Serge Aurier que perdera o pai horas antes do jogo contra a Colômbia. "Futebol não é tudo. Um pai morreu hoje. A vida fez um gol contra nós novamente", escreveu Zokora no Twitter.

Zokoro afirmou no Twitter que o pai de um jogador da Costa do Marfim havia morrido horas antes da partida contra a Colômbia  (Foto: Reprodução / Instagram)

Serey Die foi consolado pelos colegas. Ele soube da morte do pai duas horas antes da partida contra a Colômbia (Foto: Christopher Lee/Getty Images)
Serey Die, visivelmente emocionado durante a execução do hino nacional da Costa do Marfimaio Souza pouco antes de  embarcar para o Rio (Foto: Christopher Lee/Getty Images)
Serge Aurier - segundo Zokora, foi o pai de Serge Aurier que morreu nesta quinta (19) (Foto: Adam Pretty/Getty Images)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

PALETES E CAIXOTES DE MADEIRA NA SUA CASA JÁ!

Reencarnação e Alma dos Animais por Chico Xavier

A flor mais rara do mundo