Humorista que imita Dilma é agredido durante show em Búzios


Ele fez piada envolvendo padre e desagradou parte da plateia
Da Redação (redacao@correio24horas.com.br)
O ator e humorista Gustavo Mendes, famoso por imitar a presidente Dilma Rousseff em alguns programas e vídeos na internet, interrompeu um show que fazia na noite do domingo (15) em Búzios (RJ) depois de sofrer uma agressão. O ator divulgou uma nota oficial sobre o caso, acusando um homem chamado Robinho, secretário adjunto da Prefeitura, de ser o responsável pela agressão.
Na nota, Mendes diz que nunca passou por uma situação do tipo. Ele diz que depois do incidente recebeu diversas manifestações de apoio e ressaltou que há registros de agressões verbais e físicas que sofreu em vídeos gravados durante o espetáculo.
"O show 'Mais que Dilmais"foi contratado pela Prefeitura de Búzios para apresentação durante o evento ‘Búzios Love’, em homenagem ao Dia dos Namorados. Em nenhum momento o contratante informou que o show seria inserido em um evento de uma comunidade religiosa ou solicitou qualquer tipo alteração no texto teatral, o que caracterizaria uma censura prévia e isso não é aceito pelo ator. O espetáculo apresentado e contratado é o mesmo que recebeu aplausos em mais de 200 apresentações realizadas em dezenas de cidades de todo o Brasil, com trechos disponíveis em vários vídeos na internet.

O ator Gustavo Mendes afirma que em 16 anos de carreira nunca foi submetido a tamanha violência e falta de respeito com seu trabalho e reforça que em nenhum momento da apresentação ofendeu qualquer pessoa da plateia, de qualquer idade ou crença, e todas as piadas que faz são sobre uma situação e não uma pessoa específica. No caso específico sobre a apresentação em Búzios, Gustavo brincou com o fato de uma antiga proibição de venda de bebidas alcoólicas em festas religiosas dizendo que foi Jesus quem transformou água em vinho”, diz a nota.

Gustavo faz imitação de Dilma (Foto: Divulgação)
No Facebook, Mendes explicou que brincou ao saber que um padre chamado Ricardo ingeriu bebidas alcoólicas em festas na cidade. Gustavo contou que lembrou que Jesus transformou água em vinho e disse, em tom de brincadeira: "Proibir bebida, ah, vá tomar no ....". Algumas pessoas presentes teriam ficado incomodadas com a brincadeira, inclusive Robinho. Ele e outros dois homens então começaram a agredir o humorista, que conta que foi chutado e saiu do palco com escolta policial.
"Fui chutado ao sair do palco por um "discípulo" de Padre Ricardo, Robinho, chefe de gabinete. Tenho certeza de que se o padre estivesse no show teria rido junto com a multidão, que logo após o ocorrido bradou em uníssimo ‘Ei, Robinho, vai tomar no cu!’, por livre e espontânea vontade, e como bem disse Padre Ricardo em um de seus sermões ‘A voz do povo é a voz de Deus’, que seja feita a vontade do povo", escreveu na rede social.
Gustavo Mendes fez sua primeira aparição na Globo como membro do "Casseta & Planeta" em 2012. Ele também já se apresentou no "Domingão do Faustão" imitando várias personalidades.
O acusado por Gustavo não comentou a notícia até o momento.

by Correio 24h

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

PALETES E CAIXOTES DE MADEIRA NA SUA CASA JÁ!

Reencarnação e Alma dos Animais por Chico Xavier

A flor mais rara do mundo