Após sofrer maus tratos, leoa Chiara se recupera e vira xodó em horto

22/06/2014 07h10 - Atualizado em 22/06/2014 19h02

Animal passou por circo e agora é cuidado em parque de São Vicente, SP.

Leoa passou por treinamento para se aproximar dos veterinários.

Anna Gabriela RibeiroDo G1 Santos
Leoa Chiara foi reabilitada em horto de São Vicente (Foto: Anna Gabriela Ribeiro / G1)Leoa Chiara foi reabilitada em horto de São Vicente (Foto: Anna Gabriela Ribeiro / G1)
Uma das principais atrações do Horto de São Vicente, no litoral de São Paulo, a leoa Chiara tem motivos a mais para ser paparicada por funcionários e visitantes do parque. Antes de chegar ao local, a leoa passou por um circo e por cativeiros domiciliares, o que prejudicou seu desenvolvimento e acarretou em problemas de saúde. Recuperada, a leoa agora vive com seu filhote e, em breve, voltará a conviver com seu parceiro de oito anos.
O Horto de São Vicente tem cinco leões e Chiara é a “matriarca da família”. Para as veterinárias que cuidam dela, a fêmea é uma sobrevivente. “Ela já passou por outro zoológico e por cativeiro domiciliar. E há histórias de que tenha passado por circo antes do cativeiro domiciliar. Passou por diversos manejos nutricionais e sanitários. Esse animal pode ter sofrido carências nutricionais que se juntaram com outros problemas à medida que a idade foi chegando”, afirma a veterinária Sandra Peres.
Animal ficou mais dócil com o tempo (Foto: Anna Gabriela Ribeiro / G1)Animal ficou mais dócil com o tempo
(Foto: Anna Gabriela Ribeiro / G1)
Pela idade avançada e o histórico de cativeiros não adequados, a leoa apresentou diversos problemas de saúde. “Ela estava com uma lesão no olho e tinha uma suposta infecção no ouvido. Pedimos auxílio ao Zoológico de São Paulo para que pudessemos anestesiá-la. É um animal idoso, que tem problemas de artrose. Ela recebeu anestesia para que a gente pudesse colher sangue, ver os dentes, ultrassonografia, fazer um check-up geral”, diz a veterinária.
Profissionais estimam que a leoa tenha cerca de 20 anos, que é considerada uma idade avançada para um animal de sua espécie. “Um leão vive de 15 a 30 anos. Os de cativeiro vivem mais, porque não precisam caçar para comer nem lutar pelo território, só tomam chuva e sol se querem. Você oferece tudo que o animal necessita, é vermifugado e vacinado periodicamente e tudo isso faz com que a longevidade se estenda”, explica Sandra.
Por ter chegado com idade avançada ao Horto de São Vicente, Chiara é considerada a mais arredia, porém, após um tratamento, ela tem se tornado mais dócil e amigável. “No ano passado foi feito um trabalho de condicionamento dos leões. E a partir desse condicionamento, ela passou a chegar na grade quando a gente chama. É uma aproximação dos leões com a equipe para facilitar na alimentação, manejo, chegar perto sem a necessidade de uma anestesia. Ela tem atendido pelo nome, desce pela grade quando precisamos dar medicação via oral. Está mais próxima da gente”, explica a veterinária Tatiane Inoyama.
Com a aparência mais sadia, a leoa agora divide a jaula com seu filhote e atrai muitos olhares no parque. “O aspecto dela está melhor. Ela tem se alimentado bem, come cerca de 3,5 quilos de carne por dia, além da suplementação de vitaminas. Em dezembro de 2006, ela teve um casal de filhotes. Agora está separada da 'filha', porque ambas estão no cio. Mas em breve, Chiara deve se juntar ao macho, que é o companheiro dela”, conta Tatiane.
Chiara se mostra imponente aos visitantes (Foto: Anna Gabriela Ribeiro / G1)Chiara se mostra imponente aos visitantes (Foto: Anna Gabriela Ribeiro / G1)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

PALETES E CAIXOTES DE MADEIRA NA SUA CASA JÁ!

Reencarnação e Alma dos Animais por Chico Xavier

A flor mais rara do mundo