Pesquisa aponta que 98% dos brasileiros se sentem cansados

Levantamento do Ibope mostra que, para 50% das pessoas, cansaço afeta vida sexual

    Fabiana Grillo, do R7
Para 70% dos entrevistados, o ritmo acelerado do dia a dia e o estresse são os principais motivos para a falta de disposiçãoThinkstock
Uma pesquisa realizada pelo Ibope revela que 98% dos brasileiros se sentem um pouco ou muito cansados mental e fisicamente. Para o levantamento foram ouvidas 1.499 pessoas, entre homens e mulheres, de 18 a 65 anos, das principais capitais brasileiras. O estudo foi divulgado nesta terça-feira (12).
Para 70% dos entrevistados, o ritmo acelerado do dia a dia e o estresse são os principais motivos para a falta de disposição. Por conta desta fadiga, quase metade (49%) das pessoas admitiu que isso afeta sua vida sexual. Além disso, 72% garantem que o cansaço também altera o humor.
Os jovens entre 20 e 29 anos formam o grupo que se sente mais cansados. O Sudeste foi a região campeã de pessoas cansadas (65%), seguido pelo Centro-Oeste e o Norte. A  pesquisa também mostrou que as mulheres se sentem mais cansadas (66%) do que os homens (54%).
Embora dois a cada três já acordem com algum nível de indisposição, é no período da tarde e da noite que os entrevistados se sentem mais cansados. Por causa desta falta de disposição, 74% dizem não fazer exercício físico regularmente.
Para a fisiologista Geseli Angeli, da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo), esta sensação de fadiga tem o nome de astenia e o sedentarismo é um dos grandes vilões deste quadro.
— O conforto da vida moderna acabou diminuindo o nível de atividade física e isso gera uma regressão da aptidão física e, consequentemente, a falta de disposição.
Segundo a pesquisa, 71% das pessoas gostariam de ter mais disposição para praticar atividade física, mas só 26% têm o exercício incluído no seu dia a dia.
Para deixar o sedentarismo de lado, Geseli recomenda subir escada, varrer a casa, lavar louça e caminhar com o cachorro. Mas, se ainda faltar ânimo, a especialista sugere o uso de um nutriente chamado aspartato de arginina.
— Este suplemento pode ajudar a dar o pontapé inicial, já que melhora a disposição. A substância pode ser encontrada na alimentação, no chocolate, granola, derivados de leite e carnes, mas é preciso comer muito para ter o efeito esperado. Isso seria impossível e geraria um grande ganho de peso.
A boa notícia é que o mercado brasileiro oferece a arginina em forma de comprimido. Chamado de Targifor, ele promete combater o cansaço físico e mental, dando mais disposição. O multivitamínico não precisa de prescrição médica, mas é importante avaliar sua utilização com um profissional de saúde. O produto pode ser ingerido diariamente, de acordo com a bula, em ciclos de 15 a 30 dias.
— O medicamento não engorda porque não contém açúcar. No caso de grávida, o produto não é recomendado.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

PALETES E CAIXOTES DE MADEIRA NA SUA CASA JÁ!

Reencarnação e Alma dos Animais por Chico Xavier

A flor mais rara do mundo