MP pede fim do privilégio de mensaleiros na Papuda

Mensalão

Trio petista preso na Papuda - Dirceu, Delúbio e Genoino - tem recebido visitas de familiares, amigos e parlamentares, contrariando as regras do presídio

Um grupo de 26 deputados do PT  visitam os condenados no processo do mensalão que estão cumprindo pena em regime semiaberto no Complexo da Papuda, em Brasília
PUXADINHO - Um grupo de 26 deputados do PT  visita os condenados no processo do mensalão que estão cumprindo pena no Complexo da Papuda, em Brasília (Marcello Casal Jr/ABr)
O Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) enviou nesta quinta-feira uma recomendação à diretoria do Sistema Penitenciário do Distrito Federal para que seja seguido o princípio da isonomia no tratamento aos internos e visitantes das unidades prisionais. Apesar de não citar os nomes dos mensaleiros, é uma manifestação direta contra os privilégios que os petistas José Dirceu, Delúbio Soares e José Genoino estão recebendo, com visitas frequentes de amigos, familiares e parlamentares do PT.
A Promotoria de Justiça de Execuções Penais do MPDFT relatou, no documento, as informações dos veículos de comunicação sobre o entra e sai de visitantes nos últimos dias. Nesta quinta-feira, Genoino passou mal e foi levado a um hospital, onde permanece em tratamento - ele foi submetido recentemente a uma cirurgia cardíaca.
A Promotoria lembrou que o horário de visitação do presídio é restrito às quartas e quintas-feiras, das 9h às 15h, além de destacar que os visitantes devem passar por revista, estar com roupa apropriada e deixar aparelhos eletrônicos na entrada. O acesso irrestrito aos parlamentares, fora dos horários estabelecidos, é um entendimento do juiz da Vara de Execuções Penais, que pode ser suspenso a qualquer momento.
Dirceu e Delúbio desistiram de pedir transferência para uma unidade em São Paulo e permanecerão em Brasília, onde o sistema prisional é administrado pelo governador do Distrito Federal e colega de partido, Agnelo Queiroz. O governador, aliás, fez questão de visitar os detentos petistas ontem ao lado de 26 deputados. Nesta quinta, essa rotina de visitas teve seguimento: um grupo de oito senadores e três deputados petistas estiveram na Papuda.
(Com Estadão Conteúdo)
Foto 1 / 42
AMPLIAR FOTOS
Os senadores, Eduardo Suplicy, Humberto Costa e Wellington Dias, visitam os condenados no processo do mensalão que estão cumprindo pena em regime semiaberto no Complexo da Papuda, em Brasília
Os senadores, Eduardo Suplicy, Humberto Costa e Wellington Dias, visitam os condenados no processo do mensalão que estão cumprindo pena em regime semiaberto no Complexo da Papuda, em Brasília - Marcello Casal Jr/ABr
by Veja

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

PALETES E CAIXOTES DE MADEIRA NA SUA CASA JÁ!

Reencarnação e Alma dos Animais por Chico Xavier

A flor mais rara do mundo