É Proibido Morrer (vou me mudar para lá, caso a lei ainda esteja em vigor)

09.12.2005 



E os infratores responderão por seus atos. 
Como, eu não sei...
É PROIBIDO MORRER EM BIRITIBA MIRIM

O prefeito Roberto Pereira da Silva (PSDB) enviou a Câmara Municipal um projeto de lei dispondo sobre a proibição de morrer no Município de Biritiba Mirim.

O projeto de lei trata-se na verdade de um protesto com o objetivo de chamar a atenção da opinião pública para o problema da superlotação do Cemitério Municipal e a proibição da construção de um novo local para sepultamentos.

Na mensagem enviada a Câmara Municipal o prefeito explica que não é sua intenção desmerecer a ação do Legislativo e dos vereadores ao enviar o projeto de lei.

“Pode parecer um absurdo o envio deste Projeto de Lei a esta Nobre Casa de Leis, no entanto, absurdo maior é a Resolução 335/03, do Conselho Nacional do Meio Ambiente (CONAMA) que nos proíbe de construir um novo cemitério no Município, alegando prejudicar o meio ambiente”, informou o prefeito num dos trechos da mensagem.

O Cemitério Municipal está superlotado. Enquanto as autoridades estaduais e federais não agem oferecendo a solução para a construção de um novo cemitério municipal, o povo biritibano deverá cuidar da saúde para não falecer.

Devido a Lei de Proteção aos Mananciais a Prefeitura Municipal está proibida de tomar as providências para a construção de um novo cemitério municipal.

O prefeito Roberto Pereira da Silva (PSDB) disse que já dirigiu vários pedidos ao governador Geraldo Alckmin (do mesmo partido) e fez apelos até a ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, todos sem resposta.

“Trata-se de uma situação calamitosa, as famílias do Município já não tem onde enterrar seus parentes, todos os artifícios possíveis foram aplicados: desocupação de covas abandonadas, abertura de novas nos corredores de passagem, ampliações utilizando terrenos vazios; entretanto, tudo isso não surtiu efeito”, volta a afirmar o Chefe do Executivo na mensagem enviada a Câmara Municipal.

Pelo projeto de lei fica proibido morrer em Biritiba Mirim. Os infratores responderão pelos seus atos. A medida vigorará até a construção de um novo cemitério municipal. E, finalmente, pelo projeto: “Os munícipes deverão cuidar da saúde para não falecer”.
O texto reproduzido acima é cópia integral do que está no site oficial da Prefeitura de Biritiba Mirim.

Fico pensando o que o prefeito de sucupira, Odorico Paraguassu, diria sobre o caso. A realidade supera a obra do Dias Gomes...
Por Paulo Bicarato,

ANO 117 Nº 170 - PORTO ALEGRE, DOMINGO, 18 DE MARÇO DE 2012

Cidade proíbe moradores de morrer

<br /><b>Crédito: </b>  reprodução / wikicommons / cp

Crédito: reprodução / wikicommons / cp















Roma - Na cidade italiana de Falciano Del Massico (4 mil habitantes), os moradores
 estão proibidos de morrer, porque o cemitério está lotado. O prefeito Giulio CesareFava 
decretou que "os cidadãos não poderão cruzar as fronteiras da vida terrestre e adentrar o 
além". Ele não disse como será a punição. Dois idosos já morreram desde então. 
O cemitério da cidade vizinha, Carinola (foto), também está cheio.


by Correio do Povo

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

PALETES E CAIXOTES DE MADEIRA NA SUA CASA JÁ!

Reencarnação e Alma dos Animais por Chico Xavier

A flor mais rara do mundo