terça-feira, 6 de agosto de 2013

Senado renova contrato de R$ 5 milhões para Hospital Sírio-Libanês salvar políticos que não usam SUS


terça-feira, 6 de agosto de 2013


Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Leia também o site Fique Alerta – www.fiquealerta.net
Por Jorge Serrão – 
serrao@alertatotal.net

O Hospital Sírio-Libanês parece que faz mesmo jus ao apelido dado nas redes sociais de “SUS dos Políticos”. O Senado mantém um contrato semestral, no valor de R$ 5 milhões, para atendimento VIP e de emergência aos parlamentares que ficam doentes. O mais recente acordo foi renovado, recentemente, pelo presidente do Congresso, senador Renan Calheiros.

Embora também tenha uma unidade em Brasília, os políticos que necessitam de assistência médica preferem se socorrer, mais longe dos holofotes do poder, na sede do Sírio-Libanês, no bairro classe A dos Jardins, em São Paulo. Foi o recente caso do ex-Presidente da República e do Senado, o imortal José Sarney, vítima do mordaz mosquito da dengue maranhense.

A família do Sarney (um hipocondríaco confesso) preferiu o desgaste político de removê-lo de um hospital em seu estado natal para o Sírio – que tem fama de milagres, como a cura dos cânceres presidenciais - de laringe contra Luiz Inácio e do linfático contra Dilma. Sarney continua internado na unidade semi-intensiva do Sírio-Libanês, sem previsão de alta, tomando antimicrobianos por via venosa.

Os políticos tupiniquins adoram tirar proveito do máximo de privilégios aos quais o falido sistema democrático do Brasil lhes dá “direito”. Recentemente, também esteve internado no Sírio-Libanês, para uma cirurgia cardíaca de emergência, o deputado federal José Genoíno – um dos condenados no julgamento do Mensalão e que terá de tomar muita medicação para controlar a pressão arterial faltando poucos dias para a apreciação dos recursos (os embargos declaratórios e infringentes) que podem salvá-lo ou não.

O Hospital Sírio-Libanês é uma empresa filantrópica. Em 1921, um grupo de idealistas e abnegadas mulheres integrantes da primeira geração de imigrantes sírios e libaneses vindos ao Brasil fundou a Sociedade Beneficente de Senhoras. O objetivo desse grupo, liderado por dona Adma Jafet, era oferecer a São Paulo um centro de assistência médica à altura da importância da cidade.

Toda vez que um importante político é internado no renomado hospital paulistano fica no ar uma pergunta sempre sem resposta. Quem está pagando a cara conta dos serviços médicos. Tudo indica que não seja o mesmo Sistema Único de Saúde que atende aos cidadãos normais que não podem pagar os caríssimos planos de saúde – nem sempre eficientes em suas coberturas de internação e exames.

Agora, com a revelação do convênio com o Senado – que pode ser classificável como uma “filantropia” para o hospital classe A – descobre-se mais uma vantagem de ser político no Brasil, além dos altos salários, empreguismo de familiares e cabos eleitorais, privilégios mil e outras “vantagens” ocultas ao cargo público.

Piada criminal

Frase anedótica que circula pelo caluniador mundo da internet acerca de um famoso centro de excelência em saúde:

“O Hospital será convertido em penitenciária porque é referência nacional em recuperação de bandido”.

Quem sabe o slogan até não se transforma em promessa de campanha do ministro da Saúde, Alexandre Padilha, que sonha em roubar o governo de São Paulo da mãos dos tucanos.

Juquinha vai de carro...

Depois do escândalo gerado pelo uso de helicóptero oficial de luxo para transportar babás e o cachorrinho Juquinha do Rio de Janeiro para a mansão praiana em Mangaratiba, o governador do RJ resolveu dar uma de moralista.

Baixou ontem um ato regulamentando que só podem voar nos helicópteros do estado as autoridades do primeiro escalão.

Voos só serão permitidos em missões oficiais e sem a presença de familiares.

Queda do Maçom na PMRJ

Parte da Maçonaria no Rio de Janeiro está enfurecida com o governador Serginho Cabral.

Tudo porque ele exonerou o comandante-geral da Polícia Militar, Coronel Erir Ribeiro da Costa Filho – um mestre-maçom instalado que ficou apenas um ano e 10 meses no cargo.

Cabralzinho apenas atendeu a um pedido de seu secretário de Segurança José Mariana Beltrame, que não fora consultado sobre uma anistia a punições de PMs que cometeram faltas disciplinares leves.

Igual ao Papa

Quando assumiu o comando da PM fluminense, o Coronel Erir tinha dado um exemplo parecido com o do argentino Jorge Mario Bergoglio ao assumir o papado.

Erir preferiu não desfrutar das mordomias da residência oficial do comandante da PM, na praia do Flamengo.

A exemplo do Papa Francisco, que preferiu uma moradia mais modesta que a de Bento 16, Erir continuou morando em sua casa mais simples, em Nilópolis, na Baixada Fluminense...

Participa, Otário



Mistério econômico

As donas de casa, que fazem compra diariamente nos supermercados, cobram uma explicação oficial do governo para a milagrosa queda no índice de inflação de julho.

Todo mundo quer saber onde os pesquisadores que cuidam do IPCA conseguiram encontrar quedas de preços de alimentos.

Seria bom governo revelar onde acharam as promoções da pesquisa, para que todo mundo faça suas comprinhas mensais nestes lugares...

Chaplin tinha razão...

Cena antológica do filme “O Grande Ditador”, que sempre merece ser revista, por evocar valores democráticos:


Intriga do Carvalho



Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus.

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva. Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog e podcast Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos.


A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 6 de Agosto de 2013.

Nenhum comentário:

O INTERESSANTE ESTADO DE DIREITO

Fernando Gabeira Há coisas que não entendo no Brasil. Ou melhor, coisas que me esforço para entender. O STF, por exemplo, ne...