Moradores de balneário colombiano são surpreendidos com "chuva de dinheiro"

As pessoas que estavam nesta quinta-feira (1º) na praia de Rodadero na Colômbia foram surpreendidas por uma inusitada chuva de dinheiro, que foi lançado do quinto andar de um prédio, informou a imprensa local.

A situação surpreendeu os moradores, aos quais se juntaram banhistas e vendedores ambulantes, e uma massa ensandecida começou a perseguir as cédulas que "caíam do céu".

As testemunhas afirmaram que um homem atirou notas de diferentes valores pela varanda de um apartamento no quinto andar de um prédio. Além disso, afirmaram que não era a primeira vez que isso acontecia em Santa Marta.

Após jogar o dinheiro, o homem desceu e foi para a rua, onde conversou com amigos e se entreteve com a apresentação de um conjunto musical.

Não se sabe quanto dinheiro foi lançado, nem o quanto as pessoas conseguiram arrecadar, mas o certo é que muita gente saiu com algo no bolso.

A polícia, é claro, não poderia ficar de fora dessa história. As autoridades foram chamadas para restabelecer a ordem porque foi armada uma confusão no local com pessoas invadindo as ruas de forma imprudente atrás de uma ou outra nota que voava com o vento.
Ampliar

Bairro colombiano tem briga de gangues por território 10 fotos

10 / 10
Membro de gangue é fotografado no bairro de Siloe, em Cali, na Colômbia. Com mais de vinte gangues disputando território, Siloe é um dos bairros mais perigosos da cidadeLuis Robayo/AFP
Ampliar

Homem vive há 20 anos em bueiro de Medellín, na Colômbia7 fotos

1 / 7
O colombiano Miguel Retrepo, 62, descansa dentro do bueiro onde vive há mais de 20 anos, em Medelín, no noroeste da Colômbia, com a mulher, Maria Garcia, e um cachorro. Sem-teto, o casal vive em um espaço de 6 metros quadrados e 1,4 metro de altura, com cama, televisão, fogão e ventilador Albeiro Lopera/Reuters

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

PALETES E CAIXOTES DE MADEIRA NA SUA CASA JÁ!

Reencarnação e Alma dos Animais por Chico Xavier

A flor mais rara do mundo