Deputados gaúchos justificam ausência

Dos 31 deputados do RS, 14 não compareceram na Câmara na noite de quarta-feira

Deputado Natan Donadon no plenário / Leonardo Prado/Agência Câmara/ArquivoDeputado Natan Donadon no plenárioLeonardo Prado/Agência Câmara/Arquivo
O plenário da Câmara dos Deputados absolveu o deputado federal Natan Donadon, do PMDB (RO), do processo de cassação de mandato. O parlamentar está preso desde janeiro em uma penitenciária de Brasília, depois de ter sido condenado pelo Supremo Tribunal Federal a 13 anos de prisão por peculato e formação de quadrilha. Em uma sessão, na noite de quarta-feira, 233 deputados votaram a favor da cassação de Donadon, 131 votos foram contra e houve o registro de 41 abstenções. Para que o deputado perdesse o mandato, era preciso, no mínimo, 257 votos. Faltaram 24 votos para a cassação.

Dos 31 deputados federais do RS, 14 não compareceram na Câmara na sessão de votação. A reportagem entrou em contato com os parlamentares da bancada gaúcha que se ausentaram da votação. O deputado Afonso Hamm, do PP, afirmou que estava em um evento na Expointer e, quando ia voltar para Brasília, o seu vôo atrasou.
 O deputado do PT, Dionilso Marcon, justifica sua ausência na sessão plenária de quarta-feira alegando que estava participando de compromissos oficiais em Eldorado do Sul e, também, na Expointer.
Outro deputado que não participou da votação do processo de cassação de Donadon por causa da Expointer foi Elvino Bohn Gass. O petista afirma que estava ministrando um seminário sobre previdência rural no evento.
Enio Bacci, deputado pelo PDT, afirma que viajou para Porto Alegre na noite de quarta-feira para participar da organização de um painel a ser realizado em setembro.
O último deputado encontrado pela reportagem foi Renato Molling. O parlamentar do PP salientou que possuía compromissos oficiais na Região Metropolitana de Porto Alegre.
Os outros nove deputados federais gaúchos que não estavam presentes na sessão de votação que não cassou o mandato do parlamentar presidiário Natan Donadon responderam através de suas assessorias de imprensa. Os deputados Alceu Moreira, do PMDB, Giovani Cherini, do PDT, e Ronaldo Zulke, do PT, estavam participando de compromissos oficiais na Expointer, em Esteio. Já Alexandre Roso, do PSB, está em Instambul, na Turquia, em um congresso internacional sobre obesidade. Beto Albuquerque, também do PSB, informou que estava representando a Câmara na Jornada Nacional Literária, em Passo Fundo. A assessoria do deputado pelo PMDB, Darcísio Perondi, disse que o parlamentar teve que se deslocar para São Leopoldo devido a morte de um cunhado. Eliseu Padilha, do PMDB, afirmou que estava viajando por motivos particulares e, por isso, não estava em Brasília. A assessoria de José Otávio Germano, deputado pelo PP, informou que ele estava na Câmara, mas teve um mal estar e foi para casa. E o deputado Vilson Covatti, também do PP, se ausentou da Câmara pois veio para Porto Alegre realizar exames médicos.

by noticias Uol

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

PALETES E CAIXOTES DE MADEIRA NA SUA CASA JÁ!

Reencarnação e Alma dos Animais por Chico Xavier

A flor mais rara do mundo