"Dia 29 de julho durante o período da manhã e tarde, estaremos sendo brindado por uma bela e rara configuração no céu. Trata-se da Estrela de Davi perfeita, envolvendo somente planetas. Segundo as redes sociais, a última vez que isso ocorreu foi dia 7 de fevereiro de 1945 às 4 horas em Porto Alegre, sendo uma Estrela de David nos signos do elemento Ar e Fogo".






Estrela de Davi

Dia 29 de julho durante o período da manhã e tarde, estaremos sendo brindado por uma bela e rara configuração no céu. Trata-se da Estrela de Davi perfeita, envolvendo somente planetas. Lá pelas 10h30 em Porto Alegre teremos um grande trígono nos signos do elemento água, com Júpiter e Marte no meio-céu em Câncer se harmonizando para Saturno em Escorpião e Netuno em Peixes. O outro grande trígono será nos signos do elemento terra, com Plutão em Capricórnio, Vênus em Virgem e a Lua em Touro, Os planetas envolvidos nessa configuração também estarão formando sextil, formando um belo hexágono. Segundo as redes sociais, a última vez que isso ocorreu foi dia 7 de fevereiro de 1945 às 4 horas em Porto Alegre, sendo uma Estrela de David nos signos do elemento Ar e Fogo. Esse momento é muito favorável para meditação e harmonização, pois abre a possibilidade da gente captar verdades cósmicas assim como para irradiar energias, pensamentos positivos para humanidade. Abaixo segue explicações sobre o significado da Estrela de Davi, segundo pesquisa da colega astróloga - Lúcia de MG.

A figura da Estrela de Davi ou Selo de Salomão é duplamente benéfica e muito rara. Este hexagrama formado pela união perfeita de 6 trigonos ligados a 6 sextis, forma a figura perfeita de 6 pontas. Conhecida como o Selo de Salomão ou Estrela de Davi, é o emblema de Israel. Este símbolo tem muitos significados ocultos, mas astrologicamente é pouco definido, provavelmente devido à sua raridade. Estatisticamente é quase impossível obter uma forma perfeita.

Pode-se prever que o número 6 possa oferecer estabilidade e harmonia para quem possui essa figura em seu mapa, mas também sua propriedade de facilitação pode conduzir igualmente à inércia, tal como o Grande trigono. Muitas vezes energias harmônicas se traduzem em pouca falta de vontade. No entanto, a interpretação da figura Estrela de Davi é diferente daquela do grande trígono, visto que os planetas em trígono são ativados pelos planetas em sextil e ainda pelas oposições dos planetas.

São possíveis diversas combinações de elementos diferentes quando a figura é imperfeita e inclui planetas que já estão nos primeiros graus de signos de elementos diferentes. Porém, mesmo a associação perfeita ou imperfeita de elementos, traz plenitude e riqueza de dons e talentos que nem sempre estão presentes no Grande trígono.

A Estrela de Davi proporciona uma nobreza marcante e recursos poderosos que se expressam na capacidade de irradiar e não na capacidade de agir. Embora ainda haja pouca definição de sua atuação, o princípio da figura é de harmonia que se expressa de acordo com os planetas e os elementos envolvidos. A presença da moderação, ponderação e equilíbrio, tornam os opostos complementares: da razão com a intuição, da ação e força com a delicadeza, etc.

Essa configuração é relacionada a David porque ele expressou compaixão até mesmo para aqueles que intencionavam lhe fazer o mal e tinha o dom de despertar simpatia e auxílio por parte das pessoas. A estrela de seis pontas é uma figura muito poderosa, pois aparece na natureza e através dos ângulos dos planetas que formam no céu. Por isso, a pessoa que tem a estrela de 6 pontas em seu mapa tem um grande carisma e a capacidade de despertar a simpatia nos outros. Além disso, é portador de grande sensibilidade, criatividade, capacidade de liderança e pode ser muito beneficiado pelo casamento ou pela associação com outros, que se traduz nas oposições presentes nessa configuração.

No interior da estrela de David estão contidos três retângulos, chamados na astrologia de Retângulo Místico. No Egito este retângulo simbolizava o caixão de Osiris, que foi morto e esquartejado por seu irmão Set. Isis, também chamada ARedentora, juntou suas partes espalhadas e conseguiu fazê-lo ressuscitar num plano mais elevado. Esse era o grande mistério bem guardado pelos sacerdotes egípcios. Assim também, os retângulos místicos contidos dentro da Estrela de David confere o poder de ressuscitar, ou seja, renascer após os golpes duros da vida, ao reunificar corpo, sensações e sentimentos, resgatando assim a plenitude.


(Desconheço a Fonte. Tirado de um Facebook)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

PALETES E CAIXOTES DE MADEIRA NA SUA CASA JÁ!

Reencarnação e Alma dos Animais por Chico Xavier

A flor mais rara do mundo