sábado, 6 de abril de 2013

BRICS faz os EUA recuarem no palco internacional


6.04.2013, 10:01, hora de Moscou


EPA

Os países ocidentais não têm o direito de estabelecer o regime democrático na Síria e estão responsáveis pela violência e mortes no país, declarou o presidente da Síria Bashar Assad em entrevista ao canal de TV turco Ulusal Kanal.

Assad considerou a crise síria como uma luta de grandes potências entre si, referindo-se a uma oposição entre vários países ocidentais, adversários do regime atual de Damasco, e os países do BRICS que inclui Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul.
“A formação do BRICS marcou que os EUA já não podem ser o único poder político no palco internacional. Agora os países devem levar em consideração também os interesses desta organização”, destacou o presidente sírio, continuando que o grupo BRICS “não apoia de qualquer forma o presidente Assad ou o estado da Síria”.

Nenhum comentário:

DST pouco conhecida preocupa especialistas

A 'Mycoplasma genitalium' (MG), bactéria causadora de doença sexualmente transmissível, já tem mostrado resistência aos antibióti...