Diálogo para melhorar relações entre EUA e Venezuela está interrompido


A medida é um protesto contra as declarações de Roberta Jacobson, que pediu que as eleições de 14 de abril sejam "justas e que tenham credibilidade



Agência Brasil
O ministro de Relações Exteriores da Venezuela, Elias Jaua, declarou hoje (20) que o diálogo destinado a melhorar as relações entre o país e os Estados Unidos está "momentaneamente" interrompido. A medida, segundo o chanceler, foi tomada em protesto contra as declarações da subsecretária de Estado norte-americana, Roberta Jacobson, que pediu que as eleições de 14 de abril sejam "justas e que tenham credibilidade".
O governo venezuelano considerou a declaração questiona, de maneira negativa, a organização do processo eleitoral, a cargo do Conselho Nacional Eleitoral. "Tomara que recebamos uma retificação e que os Estados Unidos parem de praticar ingerências para conosco", afirmou o ministro.
Jaua condena as previsões do governo norte-americano, que, segundo ele, acredita que a Venezuela poderá passar por um período de instabilidade política, devido à morte do presidente Hugo Chávez. “Na Venezuela não há nenhuma transição, a não ser em direção ao socialismo”, comentou.
Apesar de o diálogo para melhorar o entendimento entre os dois países ter sido interrompido, de acordo com Jaua, todas as relações diplomáticas e consulares estão mantidas.
by Correio 24h

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

PALETES E CAIXOTES DE MADEIRA NA SUA CASA JÁ!

Reencarnação e Alma dos Animais por Chico Xavier

A flor mais rara do mundo