sábado, 26 de janeiro de 2013

Um pássaro voa quando nos vê e vai para longe. Quando o aprisionamos, ele olha para nós e não foge mais. O verdadeiro poder não aprisiona para ter poder, não prende para mandar, não reina na infelicidade dos outros. O verdadeiro poder nos deixa ser pássaros livres para ir e voar e, se quiserem, nunca mais voltar. 100 Idéias do Meu Anjo da Guarda - Fábio del Santoro


Nenhum comentário:

DST pouco conhecida preocupa especialistas

A 'Mycoplasma genitalium' (MG), bactéria causadora de doença sexualmente transmissível, já tem mostrado resistência aos antibióti...