quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

Trinta dias de internação não permite que o dependente quimico tenha condiçoes de decidir. São 90 dias. somente após este tempo, o organismo consegue estar RELATIVAMENTE 'limpo' e a mente (ainda muito confusa) mas em condições de ACEITAR UM TRATAMENTO. Somente após este tempo, o adicto (dep quimico) terá alguma condição de escolha: se quer ou não parar de usar. Trinta dias de internação É BRINCAR DE CASINHA, é matar o dependente quimico mais cedo ainda. Que vai passar por uma abstnencia FUDIDA por 30 dias e será colocado de volta nas ruas. Adivinha onde ele vai????? Sim. Na boca pegar uma pedra. E mais uma. e mais uma. Sabe oq ue vai acontecer???? Ele vai querer fumar a mesma quantidade de 30 dias antes, achando que aguenta. E neste momento o coração dele pode parar de bater. Trinta dias é o periodo mais crucial para o dependente. Em NA, é a ficha mais dificil de ser conseguida. Trinta dias de internação compulsória ou não, não é cuidado. É EXTERMINIO. by Deise


Nenhum comentário:

DST pouco conhecida preocupa especialistas

A 'Mycoplasma genitalium' (MG), bactéria causadora de doença sexualmente transmissível, já tem mostrado resistência aos antibióti...