Ministério Público do Ceará pedirá o ressarcimento dos R$ 650 mil pagos pelo governador a Ivete Sangalo



Lixa grossa – Demorou, mas o Ministério Público se manifestou no caso do governador Cid Gomes, do Ceará, que contratou por R$ 650 mil a cantora Ivete Sangalo para animar a inauguração de um hospital público em Sobral, na última sexta-feira (18). Como se sabe, Sobral é reduto político dos irmãos Cid e Ciro Gomes.
O MP anunciou que pedirá o ressarcimento do dinheiro aos cofres públicos do Ceará, uma vez que o governador, mesmo diante da dispensa de licitação, deveria apresentar pelo menos três orçamentos.
Deixando de lado as exigências da lei, Ciro Gomes, que adora fazer graça com o chapéu alheio – ele já levou a família e a sogra para passear na Europa com o dinheiro do contribuinte -, já estaria preso se o Brasil fosse um país minimamente sério, com autoridades com doses rasas de responsabilidade e com um povo que soubesse se indignar e reagir.
Ivete Sangalo, por sua vez, não precisa desse dinheiro, pois já ganhou o suficiente para garantir o futuro da família. Uma campanha de marketing bem produzida e estruturada custa mais do que os R$ 650 mil que a cantora recebeu, mas que poderia ter sido revertido ao próprio hospital em forma de doação ou em medicamentos. Mas não, prevaleceu a ganância da cantora, que não enxergou a possibilidade de ser beneficiada em termos fiscais como uma eventual doação.
Aguardemos qual será a reação do público no próximo show de Ivete Sangalo, que pode ser igual ao que enfrentou Maria Bethânia quando arrancou do governo, mas depois desistiu, R$ 2 milhões para construir um site na internet. Se a imprensa for firme e não se apequenar diante do estrelato de Ivete, a cantora baiana enfrentará dificuldades.
O caso é de polícia e Cid Gomes já deveria estar contemplando o nascer do astro-rei, que não é fraco no Ceará, de maneira geometricamente distinta.
by Ucho.com



COMENTARIO MEU;



A IVETE NAO É A UNICA TAMPOUCO ESTA É A UNICA PREFEITURA QUE DISPERDIÇA DINHEIRO DO POVO.
QUE SEJAM EXAMINADOS OS SHOWS PASSADOS, E QUE IGUALMENTE OS VALORES QUE EXORBITAM TODOS OS ARTISTAS TENHAM QUE DEVOLVER. DA MESMA FORMA FICAR LIMITADO O VALOR A SER DISPENSADO PARA CONTRATAÇÃO DE SHOW COM DINHEIRO PÚBLICO. PRECISA SER ELIMINADO NO SETOR LICITAÇÃO, o fator único, A INEXIGIBILIDADE. 
Que é a A CARACTERÍSTICA DO QUE NÃO É EXIGÍVEL.


Ou seja Ivete, Teló, Luan ou qq um destes,  O PODER PUBLICO PODE ALEGAR E PAGAR O PREÇO QUE QUISER. Pois são unicos (graças a Deus).

Quem sabe o minimo, a gente consegue que seja moralizado????

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

PALETES E CAIXOTES DE MADEIRA NA SUA CASA JÁ!

Reencarnação e Alma dos Animais por Chico Xavier

A flor mais rara do mundo