Jornalista e deputado federal do PT desmente boato de que seria dono da boate Kiss


Nesta terça-feira (29/1), o jornalista e deputado federal, Paulo Pimenta (PT-RS), desmentiu a notícia de que seria dono da boate Kiss, em Santa Maria (RS), onde um incêndio na madrugada do último domingo (27/1) deixou pelo menos 231 mortos, 118 feridos, sendo 75 em estado grave. Após acionar a Polícia Civil, ele formalizará na Justiça Federal uma investigação sobre os autores da notícia. 


"Sou jornalista, tenho clareza da liberdade de expressão, mas esse tipo de notícia criminosa tem que ser coibida, é intolerável. Nós não vamos aceitar isso. Vamos transformar nossa indignação em ação concreta para punir os responsáveis por isso", disse Pimenta à IMPRENSA.

A origem da denúncia
Entre domingo (27/1) e segunda (28/1), a página no Facebook "Revoltados On-line" postou uma imagem, com uma foto de Pimenta junto à foto de Dilma Rousseff chorando sob os dizeres "Dono da boate Kiss - Deputado Paulo Pimenta do PT / Sabia que tinha petralha envolvido. O que eles mais sabem é assassinar inocentes".

Segundo o blog Ponto Crítico, a postagem foi assinada por Marcello Reis, fundador da página na rede social. Porém, a publicação foi retirada do ar. Em seu lugar, nesta terça (29/1), há uma nova, mas em outro tom. A nova imagem não tem a foto de Dilma, mas apenas a de Pimenta sob os dizeres "Bombaaaaa - Informe Kiss / Informe Oficial Revoltados On Line". Leia abaixo.

Crédito:Reprodução

A reprodução
O jornalista Eduardo Homem de Carvalho, que reproduziu o post inicial em seu blog, também retirou o conteúdo do ar após pedido por escrito de Pimenta.
Crédito:Reprodução

No Twitter, diversos usuários passaram a denúncia adiante. Na própria rede social, Pimenta desmentiu tudo várias vezes e, ele, Carvalho e seguidores de ambos trocaram mensagens, ora de desculpas - dos que retuitaram -, ora de acusações ou explicações.

À IMPRENSA, Carvalho afirmou que apenas reproduziu o conteúdo, mas que não tem provas da denúncia. "Até porque não afirmei nada", disse. "Fiz ilações. O julgamento do mensalão nos fez ver que uma série indícios nos leva a uma prova. Já estive em Santa Maria. Tenho amigos lá, membros do poder judiciário, que me disseram que minhas “ilações não estavam erradas”, explicou.

Justiça contra os responsáveis
O deputado afirmou que reuniu prints (cópia dos posts em formato de imagens) de todas as postagens e já acionou a Polícia Civil por se tratar de crime contra a honra. O próximo passo, segundo ele, será procurar a Justiça Federal e processar os envolvidos "para que tenham a oportunidade de sustentar as denúncias".

"As pessoas têm que ter consciência de que o que elas publicam na internet tem consequências. E de que elas tem que responder por isso", ressaltou.
Revolta e indignação
"Ninguém falou comigo", afirma Pimenta. Segundo ele, a denúncia da página "Revoltados" foi reproduzida de forma tão irresponsável e criminosa quanto os que postaram primeiro.

"Eu nunca entrei nessa boate, não conheço nenhum dos sócios, não tenho qualquer tipo de relações com eles", afirmou. "É uma coisa tão absurda. Isso gerou revolta nas pessoas em Santa Maria, ainda mais num momento como esse. Dezenas das pessoas que morreram têm relações pessoais com minha família. Todo nosso pessoal está revoltado, indignado. Não tem nenhum tipo de fundamento", lamentou.

Procurados por IMPRENSA, ninguém da página Revoltados On Line se manifestou até o momento.

* Com supervisão de Vanessa Gonçalves
Fonte: Uol

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

PALETES E CAIXOTES DE MADEIRA NA SUA CASA JÁ!

Reencarnação e Alma dos Animais por Chico Xavier

A flor mais rara do mundo