Postagens

Mostrando postagens de Maio 13, 2012

Bem por ai. Quem sabe com insistência, se consegue definitivamente reinstituir a Questão de Ordem. Vivemos num governo, DO POVO, PARA O POVO E PELO POVO. Ou seja, NÓS mandamos, controlamos e questionamos. Eles respondem. E não ao contrario. Pergunte à Dilma se nos EUA existe CPF? Não. Lá o governo é controlado pelo povo. Temos não só o direito, MAS O DEVER de exigirmos participação direta neste que parece ser o maior dos escândalos financeiros no Pais. E eu pessoalmente repenso que este é menor que o Mensalão. Se este veio à tona, eles sacrificaram este, para salvar um maior ainda. Atentem para as tentativas de desviar o foco para o assunto Ditadura. Sorry, não é o momento especifico. Nem o apropriado. Acorda Brasil. Quem sabe um começo, é a massa populacional entender que não estamos sob o julgo do direito romano. E portanto NÃO há nenhum César, para que tenhamos que dizer “AVE”. by Deise

Imagem

Babão é melhor que Máximo... Lindão. by Deise

Imagem

A Liberdade de Fumar, Segundo o Direito de Propriedade

Imagem
Detesto cigarro; aliás, melhor dizer que ele me detesta! Basta alguém começar a fumar perto de mim, e meu nariz entope e começa a escorrer, meus olhos se avermelham e minha garganta coça. Dos pouquíssimos pontos em que discordo do professor Olavo de Carvalho, aí está o principal: pra mim, pelo menos, cigarro faz mal, e este é um dado de tal maneira objetivo, que dispenso qualquer médico que me diga.

Entretanto, porém, contudo, todavia, não obstante, não parece ser assim com todas as pessoas! Há aquelas que, pelo menos em aparência, não se abalam com o ambiente plúmbeo dos bares, ou, pelo menos, desprezam o desconforto em proveito de compartilharem o prazer de fumar com seus amigos.

Como então definir o direito de fumar? Será que o fumante agride o seu semelhante? São justas as leis que proíbem o fumo em locais públicos? É justa a lei que proíbe a propaganda de cigarro? É justa a lei que impõe a propaganda do Ministério da Saúde nas carteiras de cigarro?

Por mais incrível que pareça, é…

Perto das 17h, recebi uma uma ligação de Florianópolis, do numero 48 3259611. A pessoa se identificou como Dra. Adriana da Corregedoria de Policia Civil. Depois de desligado, confirmei o numero e realmente é da Fundação de Melhoria da Policia Civil, com endereço à Rua Bento Gonçalves, 193. Seu objetivo: marcar uma hora para que eu fosse falar de um Termo dado a 24 a. Promotoria da Capital, que investiga crimes Policiais em dezembo de 2010. Bem, o caso não seria bizarro, se o crime do primeiro policial não tivesse me direcionado para a Máfia atuando no DETRAN/CIRETRAN de Florianópolis e São José, conforme já amplamente postado e comprovado aqui neste blog. A suposta policial (como saber no momento da ligação se era mesmo policial? Meu fone comercial está na foto inicial de meu blog), queria saber meu endereço. Disse a ela para encaminhar para a DP, da cidade onde me encontro, e que eu responderia aqui. No entanto, deixei claros meus questionamentos muitos mais graves. Assuntos atuais que estou a ver navios. Por exemplo: quando receberei resposta de meu requerimento protocolado em 27 de janeiro passado? O Crime do policial que eles querem se apegar, é pirulito, perto dos envolvidos no DETRAN. Para quem ainda NÃO sabe: Agentes Policiais do DETRAN regulamentam documentos de carros recolhidos ao SINASC.Minha noticia crime foi aceita pelo MP , através da Coordenadoria de Promotores da comarca da Capital. E se encontra hoje, deitado em berço esplendido, novamente em alguma gaveta da 24ª Promotoria , responsável por crimes policiais.V.Sa, numa sexta feira à 16h tarde, 18 meses após os fatos, quando tudo já está resolvido, quer que eu, QUE FIZ TODO O TRABALHO DA POLICIA e do JUDICIARIO, sem receber um centavo, continue a fazer o trabalho de vocês? V.Sa. Acredita realmente ter o direito e poder, quando o assunto já saiu do estado de SC e está em Brasília, quando já está na mão do Judiciário, poder me ligar (já falamos anteriormente lembra? Lembrei-me de V.Sa. Um dia de manha ao fone, depois de mais de dois meses) e me dizer ter poderes para me fazer falar do que não quero? Em nome de procedimento administrativo, que segundo V.Sa., aberto por vocês 18 meses depois? Fale serio Dra. Respeito é bom e todo mundo gosta. V.sa não tem o direito de ligar para meu celular, numa sexta feira, dizendo que precisa que eu vá depor sobre algo que não tenho nada a ver (os criminosos são seus colegas não meus) e achar que vou estar a diposição da policia porque Alguem determinou isso. V.Sa. não acredita nisso não é? Ou a V.sa está me tirando, ou realmente SC está muito mal de corregedores. E um órgão que precisa de correição, não pode acreditar ser corregedor.Eu Dra. Não tenho que nada. Já trabalhei que chega ao lugar de vocês, buscando minhas defesas. O que eu tinha para dizer já disse, já depus, já informei, já escrevi e já assinei. Está tudo no blog. E no Judiciário. E em todos os órgãos corregedores de SC que possui envolvido. E em Brasília em nível de correição Federal. Até agora, não tenho do que me queixar. Se V.Sa. Precisa ouvir novamente que o policial NÃO FEZ O BO, estou dizendo de novo o que disse no depoimento à Promotora Katia Dal Pizzol, em dezembro de 2010 e que nada fez em relação a isso. Nada mais, além disso, sei. Se a V.sa deseja saber mais de SEU COLEGA, vá a Sra., procurar. Já encaminhei esta ligação para o Conselho Nacional de Policia, uma vez que o assunto sobre o DETRAN já está com eles.Não tenho amigos policiais, nem não policiais. Não fale comigo como se eu fosse subalterna, criminosa, detento, sua amiga, ou seu parente. Aja de acordo com as formalidades e protocolos. Registre. Do mesmo lugar onde conseguiu meu fone, tem meu email A corregedoria de policia tem. O corregedor tem endereço, telefone e email.Não marco horinhas com ninguém; Não tenho saco para ouvir discursos sem noção. Como lhe disse moro na Ilha do Mel. Se eu estiver aqui quando a intimação chegar, com certeza comparecerei. Se chegarem perto de mim, aqui ou na Ilha, com certeza estarei esperando. Caso a V.Sa. seja mesmo da Policia Civil, corregedora como disse, encaminhe, por favor, um contato para meu email. E com certeza farei o que for de minha obrigação: comparecer à DP para reintegrar o que já está escrito desde 2010.Se elucidado os crimes pelos agentes policiais do DETRAN/CIRETRAN, levará a todos os envolvidos. Não sei em que esta informação REINTERADA poderá lhe trazer de avanços ou benefícios. E se chegou á esta corregedoria alguma conduta inadequada Dra., foi relacionado ao DETRAN. Se o policial de 2010 está envolvido ou não, não cabe a mim responder. E cá para nós, o crime que ele cometeu, é mumu se comparado o que uma cambada de bandidos legalizados, agentes policiais do DETRAN, praticou ao emitirem documentos falsos e liberam carros apreendidos no SINASC. Delegados e policiais estão envolvidos. A corregedoria inteira sabe o MP, o magistrado, agora como disse, não somente no Estado. Mas fora dele. Digo e repito: Não traga problemas para mim que não me pertencem. As condutas inadequadas de policiais civis de Florianópolis é problema seu. Não meu. by Deise

Hoje o sol não brilha no lugar onde me encontro. Gosto do acochego da casa, do cobertor. Da chuva e do friozinho. Sinto saudade da lareira, do cheiro da lenha, do barulhinho do fogo. Artigo trocado por ventiladores. O contraste entre as montanhas imponentes que troquei pela sedução das ondas do oceano. Sinto-me bem embora falte algo para que me sinta completa. Alguma parte da historia geral que nao deveria ser como foi. Nao quis eu ir adiante ou mudar o quadro. Raros sao os momentos em que a sensação de impotência se aplaca. Este é um deles. A espera se faz presente. E a necessidade vital de paciência se impõe. by Deise

Imagem
Manuel Bandeira


Biografia e Bibliografia


Menu do Autor


Vou-me Embora pra Pasárgada
       Manuel Bandeira

Vou-me embora pra Pasárgada
Lá sou amigo do rei
Lá tenho a mulher que eu quero
Na cama que escolherei

Vou-me embora pra Pasárgada
Vou-me embora pra Pasárgada
Aqui eu não sou feliz
Lá a existência é uma aventura
De tal modo inconseqüente
Que Joana a Louca de Espanha
Rainha e falsa demente
Vem a ser contraparente
Da nora que nunca tive

E como farei ginástica
Andarei de bicicleta
Montarei em burro brabo
Subirei no pau-de-sebo
Tomarei banhos de mar!
E quando estiver cansado
Deito na beira do rio
Mando chamar a mãe-d'água
Pra me contar as histórias
Que no tempo de eu menino
Rosa vinha me contar
Vou-me embora pra Pasárgada

Em Pasárgada tem tudo
É outra civilização
Tem um processo seguro
De impedir a concepção
Tem telefone automático
Tem alcalóide à vontade
Tem prostitutas bonitas
Para a gente namorar

E quando eu estiver mais triste
Mas triste de não ter jeito
Quando de noite me der
Vontade de me matar
— Lá sou amigo do rei…

Lei de Acesso à informação entra em vigor nesta quarta-feira

Imagem
Entra em vigor nesta quarta-feira, 16, a chamada Lei de Acesso a Informações. Também conhecida como a Lei da Transparência, ela garante a todos os brasileiros a consulta a documentos públicos e sigilosos da União, Estados, do DF e dos municípios. Além de criar regras para a divulgação dos dados, a lei também obriga a criação de uma Comissão Mista de de Reavaliação de Informações a cada órgão público para a implementação da lei. A Constituição prevê que todos têm direito a receber dos órgãos públicos informações do seu interesse particular, ou de interesse coletivo ou geral, que serão prestadas no prazo da lei, sob pena de responsabilidade. Sancionada em 18 de novembro de 2011, a lei 12.527 ainda precisa de um decreto do governo federal para detalhar o seu funcionamento no Executivo. Segundo a assessoria de imprensa da Presidência da República, a regulamentação será publicada até a quarta-feira. Quando foi aprovada pelo plenário do Senado Federal, no dia 25 de outubro de 2…

STF se contradiz em decisões sobre Cachoeira

Imagem
O senador Pedro Taques (PDT-MT) apontou, nesta terça-feira 15, um paradoxo em duas decisões do Supremo Tribunal Federal (STF) acerca do caso Cachoeira. Após negar acesso de Márcio Thomaz Bastos, advogado de Cachoeira, ao inquérito da Operação Monte Carlo, o mesmo STF expediu habeas corpuspermitindo que Carlinhos Cachoeira não comparecesse à CPI que investiga suas ações baseado na ausência das informações que lhe foram negadas. “Qual decisão devemos cumprir?”, questionou o integrante da CPI do Cachoeira.
Quem negou os documentos do inquérito da Operação Monte Carlo à defesa de Cachoeira foi o ministro Ricardo Lewandowski. Já o habeas corpus que permitiu o adiamento do depoimento de Cachoeira foi concedido pelo ministro Celso de Mello nesta segunda-feira 14. “Expressando respeito ao ministro Celso de Mello, ele está inviabilizando o trabalho da comissão”, disse Pedro Taques, que propôs a apresentação de um pedido de reconsideração a Celso de Mello. (Brasil 247)

Me sinto no Lost. A eternidade desta forma me lembra o dia da marmota. by Deise

Imagem
Frase da filósofa russo-americana Ayn Rand (1905-1982):“Quando você perceber que, para produzir, precisa obter a autorização de quem não produz nada; quando comprovar que o dinheiro flui para quem negocia não com bens, mas com favores; quando perceber que muitos ficam ricos pelo suborno e por influência, mais que pelo trabalho, e que as leis não nos protegem deles, mas, pelo contrário, são eles que estão protegidos de você; quando perceber que a corrupção é recompensada, e a honestidade se converte em autossacrifício; então poderá afirmar, sem temor de errar, que sua sociedade está condenada.”
by blog doAncelmo Góis

LULA, DE A a Z

Ao entardecer do seu segundo mandato, Lula e o Foro de São Paulo precisam correr atrás da agenda que anda atrasada.
Conferências como a da Comunicação, havida no ano passado, e da cultura, neste ano, parecem ser o indicativo de que pipocarão muitas outras mais, aliadas a outras investidas contra a liberdade das pessoas e o estado de direito.
Uma percorrida pelo passado faz-se necessária neste momento:
a) a tentativa da criação de um "conselho federal de jornalismo";
b) a criação da Agência Brasil, com o terrorista Franklin Martins à frente, para concorrer em condições de desigualdade com os veículos de comunicação privados; c) a criação de Ancine, para o retorno ao poço sem fundo e sem prestação de contas do cinema ideológico;
d) a tentativa de obrigar os canais a cabo a oferecerem programas e filmes nacionais em suas grades;
e) a tentativa de impor a lei da mordaça ao Ministério Público e aos servidores públicos;
f) o plebiscito contra o comércio de armas de fogo, que se seguiu a…

Tiveram mesmo quantos anos??? Se deixarem prescrever, estão cometendo o crime de omissão, conivencia e negligencia. Acrescido de pena por serem servidores públicos. Os que julgam. Teremos que buscar ajuda externa, uma vez que estaremos acusando a instancia máxima no Pais. Se com a Presidente nao poderemos contar, com o congresso menos ainda, talvez o chapolin colorado possa nos defender. As vezes eu me pergunto se o escandalo cachoeira num todo não é so a ponta do iceberg, do proprio Mensalão. Nao é momento de deixar de cuidar do Mensalao para pular para Cachoeira. Este tem tempo. e pulando estapas nao chegamos alugar algum. Agora é hora DO mENSALAO E CODIGO FLORESTAL. O resto tem tempo. E o Cachoeira espere, bem guardado. O Demóstenes seja proibido de assumir sua cadeira. como é que nós o colocamos lá, e outro decide se ele fica???? Nós nao o queremos. enjtão não seja mau educado. E saia. Penso que o Cachoeira, é só um dos tentaculos do mensalão. Que na boca do gol, deixa de ser protagonista. Enquanto estiver como coadjvante ok. O meu medo é que releguem o Mensalão ao elenco de apoio. by Deise

Imagem

À Chata de botas. Adeus. by Deise

Imagem
Em tempo: Sobre o post da oficial de justiça Iara: Meu nome é Rita - Fone 9103....(numero completo está no cache dos comentarios. Minha função é ser mensageira. Do que eu decido que devo informar).
Anônimo
em 14/05/12
Sra. Deise Entendo sua revolta, afinal não é fácil depender de uma justiça morosa que já não suporta tanta demanda. No entanto, acessei o site do TJ e vi o mandado cumprido pela oficiala: ele não foi dirigido à imobiliária e sim à pessoa física e neste consta o número 219 - erro cometido na própria inicial. A leitura da inicial é obrigatória para o citando, quando o oficial o encontra. Conheço a Iara e não sei se ela sabe dessa sua publicação. Irei informá-la. Ela é pessoa bem intencionada, correta. Se fosse apontar um defeito desta seria "distraida", "avoada", assim como foi quem assinou a inicial - que colocou o número errado. Para a senhora, o estelionatário é famoso, porém não necessariamente seria para ela. E se alguém o conhecia e disse que não,…

Depois da lamentável decisão das “cotas raciais” (racismo) do STF , o artigo abaixo é muito atual...by MM

POBRES ALUNOS, BRANCOS E POBRES

Entre as lembranças de minha vida, destaco a alegria de lecionar Português e Literatura no Instituto de Educação, no Rio. Começávamos nossa lida, pontualmente, às 7h15. Sala cheia, as alunas de blusa branca engomada, saia azul, cabelos arrumados. Eram jovens de todas as camadas. Filhas de profissionais liberais, de militares, de professores, de empresários, de modestíssimos comerciários e bancários.
Elas compunham um quadro muito equilibrado.
Negras, mulatas, bem escuras ou claras, judias, filhas de libaneses e turcos, algumas com ascendência japonesa e várias nortistas com a inconfundível mistura de sangue indígena. As brancas também eram diferentes.
Umas tinham ares lusos, outras pareciam italianas. Enfim, um pequeno Brasil em cada sala.Todas estavam ali por mérito!
O concurso para entrar no Instituto de Educação era famoso pelo rigor e pelo alto nível de exigências. Na verdade, era um concurso para a carreira de magistério do primeiro grau, com no…

A Comissão de Memória e o Ex-Ditador Videla

Carlos Alberto Lungarzo
Prof. Tit. (r) Univ. Est. Campinas, SP, Br.

“Deus sabe o que faz, porque o faz e para quê. Aceito a vontade de Deus e acredito que Deus nunca soltou a minha mão”.

Jorge Rafael Videla, ex-ditador argentino, a um jornalista.
Recentemente, apareceram nos jornais brasileiros duas notícias relacionadas com o terrorismo de Estado.
Uma é que o governo do Brasil divulgou os nomes da Comissão de Memória criada para estudar os crimes da ditadura.
A outra contém informação sobre a publicação, na Argentina, de um livro do jornalista Ceferino Reato intituladoDisposição Final, em que divulga várias horas de conversa com o ex-líder do pior genocídio do continente: Jorge Rafael Videla (1925-????). Vide. Esse livro foi lançado em Buenos Aires em 27 de abril.
A Confissão do Genocida

O jornalista que entrevistou Videla ficou apavorado pela crueldade e frieza do aposentado carrasco, mas, no fundo, essa atitude era previsível. Se orgulhar de seus crimes era o que sempre se esperou del…

Circula no Facebook. by Deise

Cara srta. Rita,. Rita anonima que colocou um celular. Decidi não colocar o seu telefone, e não vejo por que raios eu iria lhe telefonar. A resposta estará postada em breve. Assim que eu tiver vontade de lhe responder. Sra. Rita Anonima, aprenda minha querida: A palavra é de prata. Mas o silêncio de ouro. Logo mais blogo seus post e minha resposta. Enquanto isso, por favor, vá revendo seus parcos conhecimentos juridicos, cuja fundamentação não encontra alicerce. Entenderei inicialmente que a sra. foi quem não analisou os fatos e documentos com atenção. Na explicação lhe comprovo. Esclarecendo que o estelionatario que me refiro, foi comprovada com dados do site do TJSC. Não por ser o Réu, bem conhecido bem. Muito antes dos representantes daquela casa. Assim como o procurador do mesmo. Não sei qual a sua intenção em defender a conduta da meirinha. O que é do gosto é regalo da vida. Me faça o favor, avise-a se ninguem na corregedoria a avisou, na épcoa de minha denunica no TJ. Assim como a resposta do TJ enviada para mim sobre o episodio. Falha do TJ, se absolveu a meirinha sem sequer a ouvi-la. Ela sabe sim que fiz uma denuncia dela na corregedoria. Se ela quiser me processar, tenho certeza que não terá nem o trabalho de se dirigir ao forum em seu dia de folga. Tratará do assunto na hora em que tiver vontade. E com um pouco de sorte, nao duvido que possa escolher em que vara, juiz ou promotor queira que caia. Então sra. Rita, enquanto meu pessoal junta os dados para que eu nao lhe deixe duvidas do que afirmo, vou dar uma descansada. Não estou incomodada por que a sra divergiu de meus argumentos. Estou irritada pela tentativa estupida de tentar defender o que ja encontra-se explicito nos documentos e fotografias. O que me deixa nauseada, (seja lá quem fores) é sua ousadia de se meter em assuntos de terceiros (isso é coisa de fofoqueira, linguarudao, coisa feia...), ameaçar que vai avisar terceiros com processo, mas se mantem no anonimato. Rita Anonimus e telefone sem prefixo. Que pode ser Pedro anonimus. Carlos ou Maria Anonimus. Ou seja Ninguem. Amanha olhe o blog. Terei lhe dado resposta. A sua altura. E na categoria. by Deise

Cara srta. Rita,. Rita anonima que colocou um celular. Decidi não colocar o seu telefone, e não vejo por que raios eu iria lhe telefonar. A resposta estará postada em breve. Assim que eu tiver vontade de lhe responder. Sra. Rita Anonima, aprenda minha querida: A palavra é de prata. Mas o silêncio de ouro. Logo mais blogo seus post e minha resposta. Enquanto isso, por favor, vá revendo seus parcos conhecimentos juridicos, cuja fundamentação não encontra alicerce. Entenderei inicialmente que a sra. foi quem não analisou os  fatos e documentos com atenção. Na explicação lhe comprovo. Esclarecendo  que o estelionatario que  me refiro, foi comprovada com dados do site do TJSC. Não por ser o Réu, bem conhecido bem. Muito antes dos representantes daquela casa. Assim como o procurador do mesmo. Não sei qual a sua intenção em defender a conduta da meirinha. O que é do gosto é regalo da vida. Me faça o favor, avise-a se ninguem na corregedoria a avisou, na épcoa de minha denunica no TJ. Assim …

Qualquer semelhança com a atual historia politica brasileira nao terá sido mera coincidência. nao me mostrarei espantada se no final da novela "TudojuntoMisturado", que é a CPMI do Cachoeira, terminar exatamente igual ao ladrão de 1900. E de brinde, ainda angariem alguma aposentadoria, incorporada por danos sofrido nas mãos da população que os acusou e nao provaram. mesmo que seja danos morais e espirituais. mas acabam cavando algo para serem as vitimas e terem motivos para viverem em auto comiseração. Uma vez que desde os primordios já havia a ação e a certeza da impunidade, apenas o modus operandi foi se aperfeiçoando. Perto disso a maluca que lesou o INSS, e o Lalau viraram batedores de carteira de velhinhos. Houve apenas a evolução da espécie e sua proliferação. Porém assim como sabemos que a fruta cairá longe do pé, sabemos também que só precisa uma podre, para danificar todas. by Deise

Imagem
Assalto ao trem pagador de Pinheiro Preto

Cruz do Vacariano em Pinheiro Preto

O assalto ao trem pagador de Pinheiro Preto foi um crime ocorrido no Brasil, no quilômetro 152 da ferroviaEFSPRG em outubro de 1909 na localidade de Pinheiro Preto, estado de Santa Catarina.
História No ano de 1887 o governo imperial solicita um projeto de uma estrada de ferro com a intenção de ligar Itararé (SP) a Santa Maria (RS) e assim interligar as províncias de São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul e também de facilitar a ligação do interior destas províncias com a cidade do Rio de Janeiro. Ao longo do tempo este projeto começa a ganhar forma através de várias concessões de trechos e empresas e é em 1908 que Percival Farquhar assumiu a concessão da Companhia Estrada de Ferro São Paulo Rio Grande, e assim integra à holdingBrazil Railway Company.
Com a administração da obra agora a cargo do norte americano, a estrada e fatiada, para a sua construção, e entregue para empreiteiros locais. Pa…

Miro Teixeira é o único a ter certeza de alguma coisa dentro de um esquema gigantesco, requintado e com extensões que ninguem sabe como, quando ou quantos os envolvidos. Temos certeza que todos entendem o que vazou, sendo somente a ponta do Iceberg. Um esquema destes envolve muita gente. Nao só grauda. Tem muito funcionario e assessor no meio disso. Impossivel fazer sozinho, ou com meia duzia de espertos. Estes não são amadores. Não tendo a minima ideia se haverá responsaveis puniçoes e ressarcimentos. Entendo que este esquema, é de longe o maior rombo, o maior escandalo e o mais cruel deboche do povo Brasileiro. Este escandalo se assemelha em tamanho da ousada, ao Assalto do Trem pagador. Resguardadas as proporções e época. Quem viveu, verá. by Deise

Imagem
 A CACHOEIRA SE TRANSFORMA EM ENXURRADA E PODE DERRUBAR OUTROS FARSANTES XIX: Destaque na CPI do Cachoeira, Miro Teixeira afirma que não há proteção e culpado vai pagar
Após um longo período de pouca exposição pública, o deputado carioca Miro Teixeira (PDT) voltou aos holofotes como uma das estrelas da CPI do Cachoeira. Com uma defesa ininterrupta da atuação do procurador-geral da República, Roberto Gurgel, e da imprensa, Miro tem atuado para impedir que os desvios de foco retirem do cerne o que realmente importa: a corrupção. Em seu décimo mandato, Miro é otimista: “O dia que perder o otimismo, eu não me candidato mais”. E diz ainda que nessa CPI pode haver um fato inédito: “creio que perseguir o caminho do dinheiro e retomar o dinheiro vai ser inédito”. (Foto: Miro acredita que CPI, que ninguém sabe como terminará, pode dar em alguma coisa) A CACHOEIRA SE TRANSFORMA EM ENXURRADA E PODE DERRUBAR OUTROS FARSANTES XVIII: Sessões secretas-me-engana-que-eu-gosto podem transformar CPI do C…

Até no guarda-roupa

Imagem
Cachoeira: 15 000 euros na gaveta No emaranhado de escutas da Operação Monte Carlo, uma ligação de agosto de 2011 pela PF dá uma ideia de como Carlinhos Cachoeira costumava guardar o dinheiro da contravenção.
Numa conversa com Rogério Diniz, integrante do esquema, Cachoeira pergunta: “Cadê aquele dinheiro que (você) deixou aqui?”. O comparsa responde: “Tá dentro do seu guarda-roupa aí. Na última gaveta, na porta do meio. Última gaveta do lado direito”.
Em outro diálogo, Cachoeira orienta o funcionário: “Rogério, dentro da minha primeira gaveta aí do meu quarto tem uns 15 000 euros. Conta e guarda junto com meu passaporte”.
byLauro Jardim

Blogueiros esvaziam sessão na Câmara

Imagem
Por Elton Santos – Um dia atípico viveu a Câmara Legislativa do Distrito Federal na última quinta (10). Tudo devido a visita dos blogueiros mais polêmicos da atualidade, Mino Pedrosa (QuidNovi) e Edson Sombra. A tietagem era grande por parte até dos próprios assessores parlamentares. Alguns não saiam de perto dos referidos jornalistas.
A visita aconteceu porque segundo os blogueiros, existiam certos boatos estranhos e lendas que corriam nas entrelinhas. Como as fofoquinhas partiram da Casa, eles foram confirmar. Não deu em nada. Aliás, deu sim: com a presença deles, o plenário ficou vazio. Só havia sete deputados e nenhum petista. A pergunta nos corredores era: por que será, hein?

by Fonte: Blog do Odi
Magu
  Já lhes falei do Sombrio, nosso informante disfarçado que se abriga no depósito de vassouras do Planalto. Não é bem isso. Trata-se de um pequeno aposento, com uma entrada por uma porta secreta. Esse aposento, montado pelo arquiteto a...lcoviteiro e macróbio, para o “estadista” JK, que o usava para seus encontros furtivos.
Ele me chamou pelo skype para contar, como sempre, uma fofoca palaciana. Outro dia, a senhora dona presidente estava possessa (normal?), ordenou à sua secretária: “Quero o Cabral e o Pezão em palácio para, a quatro olhos, dar um esporro neles, dizer-lhes na lata que os 77 mil dólares, da dança da garrafa que os dois fizeram com o dono da Delta, eu quero que eles devolvam a porra do dinheiro, que está me dando dor de cabeça. Com dois aliados desses, ainda vou ser impichada pelo fiofó por causa desta merda”.
Em virtude da urgência, os dois pegaram emprestado o jatinho do Eike para chegar mais depressa.
Quando estavam na sala de espera, o Sombrio, pela jane…