Postagens

Mostrando postagens de Março 18, 2012

E viva Florianópolis!!!! E viva o amor pelos animais! E viva a generosidade do povo!!!! Que povo hospitaleiro!!! Que povo generosos e amoroso!!! que almas abençoadas! que pessoas divinas!!! Que espirito elevados!!! Que criaturas fascinantes!!!! Realmente os gauchos é que sao trastes.... Graças a Deus. Nos deixe como somos por favor. E se olhem no espelho, olhem bem para seus rabos e telhados de vidro. e evitem tocar pedras no telhado de vizinhos. como eu disse o castigo vem a galope. e acredite, quemme enviou isso, foi uma catarinense que eu adoro, respeito, admiro e tenho um carinho enorme. Que nao cabe dentro de mim. Ela é catarinense e integra. E de pessoas assim que me certo, independente de credo, cor, religiao ou naturalidade. Eu gosto de Gente. Nao de calhas mentirosos e escrotos. by Deise

Imagem
by MM
Gente, esse fato aconteceu agora dia 19. Essa FDP pode ter pego essa gatinha na Feira da PATA, no sábado, mas tb pode ter sido com qqr pessoa. Além disso, na sacola, haviam coisas de gato compradas na Agro Campo Verde. Me falaram q há umas 4 agros dessa pela cidade.
Precisamos descobrir quem fez essa monstruosidade.
A mãe da minha amiga presenciou tudo, mas saiu para socorrer a gatinha e não conseguiu pegar a placa da desgraçada.... peço ajuda na circulação desse e-mail, pois temos q encontrá-la.
Esse caso tem a mesma dimensão do caso da york, não podemos nos silenciar.
Ajudem, divulguem, temos q encontrar e fazer esse monstro pagar pelo q fez.
Os contatos da Bianca, minha amiga, são: (48) 9973.3572/ 9610.7425
Qqr informação será valiosíssima.
Qts anjos não passam por isso na mão de gente sem amor algum...
Segue o relato dela!


Fim de tarde do dia 19 de março, segunda feira, horário da saída do colégio. Uma mulher acompanhada de um menino de aproximadamente 10 anos, estaciona o v…

Poeminha do Contra

Mario Quintana Todos estes  que aí estão
Atravancando o meu caminho,
Eles passarão.
Eu passarinho!

Outra surpresa. Encontrei este texto meu de 1998. Da época que morei em Portugal. Eu tinha um site, meu primeiro, feito em html. E estava hospetado em net.pt. Saiu do ar e nunca mais consegui meus textos de volta. Tomara encontrar outros. De lá pra cá tanta coisa mudou. E ao mesmo tempo parece tudo tão basicamente igual. by Deise

Contudo


Contudo, viver é algo difícil. Mas apaixonante.Abrir uma explanação com uma conjunção adversativa, é induzir o leitor que a conversa iniciou no meio.O contudo é uma refinadíssima senha para o desencadeamento de muitas tramas costuradas com requintes de tapeceiros.O leitor que trate de imaginar o que aconteceu antes da conjunção, enquanto empreendo a partir da vírgula uma delirante viagem por quase quatro décadas de história.O cortejo de personagens inclui, amigos, inimigos, amores, desamores, família, filhos, advogados, juízes, peixes, escorpiões, e outras figurinhas carimbadas da estória oficial.Mas as palavras estão desde o início confinados em asteriscos e notas de rodapé. Minha história ou estória, se preferirem, é escrita pelo avesso, numa inversão de ótica que a torna muito mais verdadeira, muito mais verossímel. A saga é revista, reescrita e revivida por mim.Deserdada da sorte, não desertei da esperança.A estória reescrita pelo vencidos, ora punjente, or…

Uma Grata surpresa.....Para quem cre nenhuma prova é preciso. Para quem nao crê, nenhuma prova é possivel. como podem ver, sou jornalista e desde os primordios conhecida pela "doida da Deise". Independente de Brandão ou Mariani. by Deise

by Vera Fernandes
Jornalismo na mesa no bar-blog (meia dúzia de Polar e uma dúzia de copos que a conversa é comprida) A tragédia e a comédia. Um legado que vem, ao longo do tempo, das épocas mais remotas da humanidade, tal qual a prostituição. O sórdido. O belo. O poético. O patético. O vício e a perdição. Tudo desastradamente colocado em caracteres nas páginas amareladas do passado contado em laudas, ou em templates transparentes com links acionados pela força dos pensamentos, no futuro. Tudo universalizado, o bom e ruim, o rico e o pobre, no palco e na plateia.
Acho que estou ficando velha. Pelo menos na profissão, ou velha não, mas madura o suficiente para perceber que aprendi muito, coisas que gostaria de saber quando o veludo vermelho da cortina se abriu na minha frente e os atores do palco do passado sentenciaram meu futuro determinando:
- Serás jornalista.
Foi em 1987, dois dias depois de divulgado no NH que o Grupo Editorial Sinos tinha uma vaga no DP. Eu tinha 17 an…

E depois fui eu que bati a cabeça... Sou esquizofrênica, arrogante... A projeção é algo terrível. E viver em negação um horror. A justificação um caos... Ou seja, começam a “frescura”, ofendem a todos os gaúchos, falam mal do Estado todo, se atrevem em falar em nome DO BRASIL. Mas até ai é perdoável. A ignorância sempre foi e será a mae da miséria. E misericórdia é preciso saber ter. Agora quando um “renomado” jornalista da RBS desce ao ponto de “bostar” em seu blog algo e me envia um email para ter certeza que eu leria, com certeza ultrapassa o abuso. É raiva. E raiva emburrece. Eu fico burra como todos quando estou “cega” de raiva e indignação. Imagino o quanto devo ter deixado o jornalista indignidado quando posta algo em seu blog, e vaidoso como é, deixar de ser uma vez o centro das atenções. Como já disse, isso me a exata dimensão do quanto eu incomodo e consigo ser cruel quando quero. A mesma mão que embala o berço é a mesma que aprendeu a fazer o mal. Mas não a deseja-lo. E aprendi igualmente a levantar o chicote, e bater sem dó quando se faz necessário. Foi somente isso que fiz. Tentaram bater. Sem ética, sem escrúpulos, sem limites. Eu apenas peguei meu chicote (gaúcho) e bati mais forte ainda. Quem escreveu esta “bostada” foi o Cacau Menezes. Em nome da RBS, conforme email enviado. Lamento te informar caro jornalista: acabastes de criar um serio problema interestadual. Talvez porque o teu pedantismo tenha te feito esquecer até onde vai o poder de um empregado. E principalmente que a matriz da empresa a qual trabalhas é onde és apenas mais um serviçal é no Rio Grande. Imagine o que um juiz GAÚCHO fará ao ler o teor escrito no teu blog. Tudo que disseram dos gaúchos e gaúchos, atingirá qualquer magistrado do Rio Grande. Se não todos...Vai seu nome e o da RBS para fita. Ao contrario de ti Cacau, eu não costumo dar tiro no meu próprio pé porque nao sou estupida. Nem sou porca, para cuspir no prato que garante minha comida e cujo espaço que ocupas na CASA DE GAUCHOS, mantem teu status. Tira a RBS da tua vida e viras o que? O swimples dono de uma feijoada. Que não tendo mais espaço para as socialites aparecerem, acabará igualmente. E todos em pouco tempo nem se lembrarão te ti. Serás passado. E passado é lugar que nao estou mais lá. Só os tolos estão. Passarao a se interessar por quem ocupar teu lugar.Afinal, o mundo é feito de conviencias. Se nao puderes mais servir, naoseras mais tao bajulado. O que deves adorar. E o que é pior, acreditas nisso. Já eu, que sou mais pe no chão, não me iludo. Embora um ancião como eu, ainda vives como se a estrada, um dia não tivesse fim. Tolo. Evolua criatura. Por favor. E já basta ter que te aturar. Não deixe uma legião de seguidores do patético, medíocre e com mínima utilidade. Te liga. Maneh. by Deise

Imagem
by Deise
A propósito, tudo isso começou  assim no ultimo domingo.... Provocaram? Agora aguentem16 de março de 2012 O gaúcho Everton Spolaor, agora residente em Florianópolis, colocou no seu blog, intitulado sombrasdarealidade, uma lista de motivos que levam os catarinenses a fazer piadas com os gaúchos. (evidente que sou diferente. E o lixo CATADO DA LATA, me recuso a reproduzir.  Que leiam no latao onde foi colocado) 
Postado por Cacau, às 17:12 Categorias: 1
Ontem recebi este email... do Cacau Menezes. (quase desmaiei de
 emoção com a atenção diferenciada a mim dispensada. Mas...
afinal, nada que uma Deusa, segundo palavras do Jornalista da RBS
 nao fosse merecedora...).
Creio que ele nao deve ter lido quando eu disse, que meu carater diz quem sou. Minhas atitudes, dependem das ações dos outros em relação a mim. Fiquei imaginando, se te dás este trabalho diariamente... mandar emails para quem discorda de ti e acaba te ofuscando na tua propria casa. Tenho absoluta certeza que poderias passar…