quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Quem dera.

Que otimo Dra. Dilma que V.Exa reconhece que nao estamos sob o dominio de Roma. 
Agorta so precisa divulgar. Especialmente aaos funcionarios publicos, aos policiais, aos funcionarios do judiciario *e nao estou falando de juizes e promotores* 
 Pois ao contrario de V.Exa. que fingi dar ordens severas, nos pobres mortais, sofremos diretamente esta confusao absurda de Brasil com Roma.
Estamos sim no Brasil,  cuja corrupção o partido o qual a elegeu, legalizou.
Pense Dra. Dilma, pois eu ja disse isso ao corregedor de Geral do MP em Santa Catarina, Dr. Fontes, quando um sargento sem moral invadiu minha casa e me levou algemada.
Mal sabia ele por onde eu andei pelos anos 60 e 70 tolo... me senti novamente nos anos rebeledes. Devo a este sargento uma sensação tao maravilhosa, que eu e a sra conhecemos. Ele, ao contrario de nos, era so um tolo.
Assim como fizemos com muitos,  fui sequestrada por este sargento por 50 min antes de ser largada na Delegacia onde minha familia e advogado me aguardavam. Isso porque denunciei uma mafia no condominio, veja bem. Naoera eu a criminosa. Me senti ridicula naquele dia, com o aparato policial cercando minha casa. Gastando mais dinheiro publico, sabendo que tudo era uma palhaçada.
Acredite, isso ha 4 anos. E ele so nao me matou dra., porque  abri a boca. Literalmente  aos berros na hora que me tirou de casa. Logo, tirou, teve que devolver.
Tirei o bobao do controle.
Ate pq se eu perder para um moleque fardado de 18 anos, vou empatar com quem nao e mesmo
?Sabe o que aconteceu a este policial?
 N A D A. Sabe v.Exa o que aconteceu com minha familia?
 Leia no meu blog. e vera o que aconteceu daquele dia em diante.
 Mas falando em Roma, excelente que pense assim com relaçao a seus amigos e a seus infieis.
Dra. Dilma, caso V.Exa tenha memoria curta, a  CPI, a investigação, a nao chance de defesa por pilantragem politica, foi a marca registrada do PT.
Tai o Magri, A zelia Cardoso, o Fernando Collor que nao nos deixam mentir..
Desça do salto Dra. Se ajoelhe. peça ajuda. a Pedro simon quem sabe. Um homem que ninguem jamais leu uma linha que o desabone. Aproveite a delicia de aprender. Seus discurso ensaiado nao nos passa segurança alguma. Nos deixa instaveis. Vulneraveis. E isso Dra. e pessimo para a nação. Porque desencadeia um efeito domin[o.
A Sra. nao convence com seus discursos, e ultimamente continuo cada dia mais temerosa de nossas fronteiras. Se quando eu acordar nao terei um fuzil estrangeiro na minha cara, de meus filhos e amigos. Penso quando chegara o momento em que terei que pagar em dolar, a agua que precisar beber.
O Brasil nao esta bem coisa nenhuma Dra. E jamais vai ficar bem enquanto a corrupção que nos assola nao for trasnformada em crime hediondo. Salve este Pais.
Tambem aposto que nao estou em Roma, no entnato como os porcos de Roma , funcionarios publicos batem no peito e se dizem autoridades.  Delegados cometem extorsao, prevaricam, acusam inocentes e nada lhes acontece. ja ouvi de um destezinhos corruptos.  que eu poderia mover mundos contra ele, mas ele continuaria delegado ganhando seus 8 mil reias por mes. Ha 5 anos. E ele acertou. Foi preso pela FEderal por extorsao. E esta solto. Assim como o outro comparsa dele preso recentemente. Foi solto sexta feira passada.
Diga a els tambem que nao estamos em Roma, e que portanto nao existe NENHUM CESAR, para que digamos AVE.
Faça valer seu discurso Dra. Dilma, e quem sabe V.Exa seja perdoada por seus pecados.
Conserte sua casa, para que possamos ser feliz na nossa.
Ache forma de  fazer com que a maldita corrupção vire CRIME HEDIONDO.
Os corruptos para mim sao sinonimo de crack.  Que a gente querendo ou nao, sua forma de governar nos obriga a usar desta droga diariamente, varias doses por dia.
  Ao contrario da Sra.  nao temos escolha. 
 V.Exa junto com tantos outros exas, nos obrigam a fazer uso desta  droga pesada.
 Sem escolha.
Sem chance de tratamento.
 Derrube Roma Dra. Dilma. De verdade.
Nao me diga que nao pode fgazer nada. Asra. se nao se lembra, é a Presidente, eleita por voto direto de um lugar lindo, um dia chamado BRasil.
Honre isso Dra.
E nao peque pela soberba.

quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Assim eu gosto...

CADA MACACO NO SEU GALHO.
Eu vivo e deixo viver.
Ai vem este inçaredo mexer na Paz que eu conquisto. Pode parar e seguir outra linha.
 Passo muitoi bem sem a presença imposta de lixo genetico na minha vida.
 Assim esta otimo.
A gente so tem que encontrar se na audiencia.
 Isso se eu quiser. Senao sempre tem um jeito de sermos ouvidos separadamente.
O passado de ambos abre o precedente.
u por ser denunciante, e outros por serem os denunciados.
Jamais irei ao forum com dia e hora marcada. Publicamente. Esqueçam.
Vocaçao para Martir, teve Tiradentes...

terça-feira, 23 de agosto de 2011

Devo ter acertado. É o advogado escroto. Preso em Sao Pedro de Alcantara. Considere isso caro sr., a volta dos que nem foram. Nos vemos na audiencia.

E tudo começa assim...ai ai ai La vou eu de novo.

Alex,




Bom dia



O Fato de ignorares os fatos, nao fara com que desapareçam.

Estou enviando ao endereço do meu apartamento uma copia da ordem de despejo que ingressei no Forum da Capital, e que espera a distribuição.

Os motivos, tu ja os conhece bem.

Sai novamente da Ilha do Mel. E desta vez somente retorno, quando este assunto e a tua pessoa, tiverem saido de minha vida para sempre.

Acr4edite, semana que vem, de um jeito ou de outro resolvo o problema. Ja estou em Floripa e ja marquei com o Min isterio Publico a fim de expor os problemas que e4stas gerando para alguem em condicional. Farei hoje Alex, um levantamento da tua vida. E acredite, nao hesitarei em usar frente ao juizo, pela pilantragem e estress que estas nos causando.

Se tiveres interesse, a tarde te informes no CRECI sobre a denuncia de tua imobiliaria.

A ordem de despejo que ingresssei sera contra o Richard, uma vez que a luz encontra se no nome dele.

Entendo isso como invansao de propriedade.Até porque este senhor mantem em atraso as prestações do apartamento em nome de minha filha.

Acredite Alex, a palhaçada acabou.

E avise o Tadeu, que o Juiz que encerrou o IP do condominio ja esta tendo problemas. Igualmente, conforme ele pode observar nos processos, estou respondendo um a um e cuidando com muito carinho de todos.

Como eu digo Alex, um leao por dia.

Hoje e dia de resolver os problemas gerados por ti. Desta vez, em definitivo.

Email enviada por um sr escroto que se diz advogado. logo se for advogado, um advogado escroto.

From: Carlos@pintodaluzadvogados.com.br


To: vanessab2008@hotmail.com; alex@imobiliariabrasileira.com.br

Subject: retorno

Date: Thu, 18 Aug 2011 13:01:59 -0300


Cara Senhora


A Sra. acredita em seus direitos, utilize as ferramentas que acredita e ingresse com as demandas que entender e aguarde a justiça, seguindo o seu curso.

Mandar mensagens ameaçadoras por email e por telefone, ofensas e recadinhos infantis grosseiros, estes deverão encerrar, caso contrário medidas judiciais poderão ser tomadas, cíveis e criminais, inclusive lembrando a Sra. as conseqüências de ações criminais, lembra, cárcere e etc.

Espero contar com a sua colaboração e o seu bom senso.

Carlos Pinto da Luz



Resposta a um doido que invade meu email com uma postura escrota se dizendo advogado. Logo, como eu disse acima, aqui vai a resposta a um suposto advogado. Escroto de qualquer forma. Toma o que te trouxeram.



Caro Bacharel,

Boa Tarde

Com certeza absoluta de que V. Sa não pensou nem por um milésimo de segundo que meu silêncio se deu por medo de suas ameças esdrúxulas através de um vocabulário pobre, respondo lhe agora, uma vez que tenho agora 15 minutos para dedicar a V.Sa, antes que meu dia produtivo recomeçe.
Não respondi na hora porque já estava em ritmo de final de semana. Alias, divertidíssimo, apesar de seu cliente dever me a quantia de R$ 20.000,00. Porém como entendo tempo como questão de opção, fui curtir meu final de semana. Afinal, dias de lidar com lixo, é de segunda a sexta. E a segunda já começou.

Vamos por partes, como diria Jack.

Vem tornando-se um hábito seu - péssimo hábito aliás - responder e-mail em nome de terceiros. V. Sa já enviou respostinhas ridículas, em resposta a e-mail enviados a Alex Besouchet Martins. Lembro lhe que enviou para o meu email, resposta desaforada para minha advogada. Poupe- me. Odeio a miséria Especialmente a humana.
Ao invadir meu endereço eletrônico, obrigatoriamente me dá o direito de responder lhe a altura.
Baseada em minha conscientização, assertivamente citada por V. Sa, não somente de meus direitos, mas principalmente de certo e errado, decente e indecente, moral e imoral, canalha ou íntegro, pilantra e ou desprezível e uma pessoa do bem e etc e tal, venho lhe pontuar, definitivamente, algumas coisas.
E se V.Sa. tiver suado seu diploma como eu suei o meu de Jornalista, passe a rever seus conceitos e principalmente sua postura (que ultrapassa o amadorismo). Na verdade lembra me algum diploma obtido na Bolívia (nada contra os bolivianos... Mas tudo contra as Universidades Bolivianas).
Porém, caro bacharel, isso é só minha opinião. Que graças a Deus e para todos, não tem valor algum. Valor tem a opinião de algum representante do MP. Este sim terá algum poder, quando eu encaminhar a denúncia e pedir providências. V. Sa deve saber que o MP só age se cutucado. Me proponho a fazer gratuitamente este serviço. Tempo e disposição não me faltam.
Igualmente farei a Corregedoria do Tribunal tomar conhecimento de seus e-mails, que uma vez pela segunda vez, chegou a hora de questão de ordem. Assim como seguirá para OAB, com meu pedido de providências, para a correção de um comportamento que, tenho certeza, é totalmente inadequado para um integrante da Ordem dos Advogados do Brasil, mesmo que o corporativismo barato tente lhe salvar, quando mais uma das suas. Sabemos do que falo. E este não e o mérito Não agora.
Questiono quem estará em situação mais desagradável no dia da audiência perante o juízo: se o cliente falcatrua ou advogado com manchetes em jornal. Se eu estiver falando de um homônimo, peço desculpas antecipadamente. Mas possuo poucas dúvidas, e no momento em que não afirmo nada mas posso ter dúvidas, crime não há. Cabe ao interessado, mostrar me o caminho e a verdade.
Urge salientar, que ao contrário de V. Sa, minha profissão nos obriga desde sempre aprendemos a ter muito cuidado com as palavras. Em momento algum existe ameaça no meu e-mail. Existe sim uma boa vontade infinita de não levarmos às ultimas consequências os atos irresponsáveis de seu cliente. E nem falemos das suas, não e caro bacharel?

Vamos ao mérito:
Aquilo que não pagamos, não é nosso.
Seu cliente comprou um imóvel de minha filha que está em condicional desde setembro passado. Vendi o apartamento ao seu cliente para que ela pudesse refazer sua vida dignamente e de forma independente.
Vendi por um valor bem abaixo do mercado. Pagou as prestações com atraso. Não paga o condomínio desde a data da compra, não paga as prestações em nome de minha no financiamento junto a CEF. Deve-me cerca de 20 mil reais. Subornou o carteiro para que apresente algo sem lógica alguma, motivo de questionamento do Tribunal aos correio o que significa não procurado. - Deduzo que o Carteiro, num ato de rebeldia, resolveu não obedecer a ordem Judicial e resolveu não PROCURAR , o Sr. Alex. E isso já foi atentado para o Tribunal e o próprio Juízo para que tome providências. Veja V.Sa. a "manezada" que começa a se criar. E a quantidade de pessoas que começam a ser envolvidas.
Não assinando a intimação, seu cliente, faz com que eu envolva a Corregedoria do Tribunal que acionará os Correios. O carteiro será intimado, o Tribunal me orienta a pedir providências à Juizá, me dando todo o caminho, inclusive encaminhando para a Diretoria de Infra Estrutura do Tribunal, responsável pelos convênios do Tribunal e Correios, no caso. Veja onde já chegamos, caro Bacharel, e até o momento não li uma linha sequer sua com teor jurídico. so leio algumas frases de alguém possivelmente, petulante, arrogante e cujo caminhoi profissional, tambem nao lhe ensinou nada.
Vejo isso quando ousa invadir meu email e atreve-se a dar me ordens. Ora, caro bacharel, coloque-se no seu lugar. Não sou sua prima, não sou sua amiga, não sou da sua turma. Não venha dar ordem na minha casa. E tenha compustura. Se não consegue agir como advogado, aja como homem. Decente.
Deixe de ser folgado.
Enquanto V.Sa. perde seu tempo respondendo e-mail (acredito que é tudo que lhe sobrou) eu vou em busca de meus direitos, envolvendo o bispo se for preciso. E farei com a que a Exma. Juíza veja de forma muito clara sua conduta absurdamente inadequada. E verificarei se V. Sa. é o protagonista da noticia em Jornal da Capital. Se estiver certa, sua postura perante V.Exa. e o Ilustríssimo em nossa audiencia, devera ser bem acima da media.
V. Sa me ameça com carcere.
Acredite Sr. bacharel que aos 50 anos vivo e vivi minha vida a jamais ficar dentro das grades. No entanto saiba V. Sa que nos últimos dois anos não estive passeando em Orlando na Disney. E sim visitando minha filha no presidio feminino de Florianópolis, que resolveu brincar de delinquente.
História que ficou no passado, porque ela tem uma família que jamais desistiria dela. E hoje segue sua vida, cumprindo sua condicional na integra. como deve ser uma filha minha. Pagou exatamente os dias que devia. E foi solta no dia seguinte. Porque eu sou eu. Bem conhecida na VEP da Capital, onde gozo de boa reputação e sou bem5contrario de realigas, teve represalias. Ao contrario das benefices do reu confesso, fiz hurrar pra aprender.
Nao foi este tipo de educação e vida que propiciei a ela. com trabalho honestissimo caro Bacharel. enquanto V.Exa. fazia uso de parcos conhecimentos juridicos, nas redaçoes em que trabalhei, estavamos mudando o Brasiul para que pessoas com V.Sa. estivesse livre, extrapolando limites. Bem feito, quem me mandou nao ficar lavando roupa.
Jamais precisei me maquiar na frente de autoridades. E jamais fui presa por isso. Porque so me posiciono para autoridades que sabem do que falo. Quandoestou na frente de um estupido, apenas um concursado, devolvo a ele a e]propria estupides. quem tem uma corregedoria a prestar contas nao sou eu. Por isso jamais precisei temer ser presa por desacato. Simplesmente porque nao desacato. Sou assertiva. eis a diferença. Tenho entrada livre lá. Admiro a equipe e o Promotor, os quais sabem do meu apreço. Nunca deixei de ser eu mesma Sr. Tenho duvidas se V. Sa goza de tamanho prestigio no local referido.
Eu sou mae de uma ainda reeducanda. V.Sa. um bacharel. Incongruência absurda não?
E possível que V. Sa já tenha escutado meu nome. Quem sabe não por isso pegou a causa. Seu nome também não me era estranho. Porém somente depois de seu email desagradável e que decidi averiguar de onde eu já tinha ouvido falar. A busca foi proveitosa para mim, logo está longe de ter sido perda de tempo.
Novamente peço desculpas antecipadas se for um homônimo. Porém pelo meu faro jornalístico, pelo seu abuso nos emails e por sua conduta sem o minimo de educação, duvido não ser V.Sa. o protagonista da história, cuja matéria acusa um advogado de passar drogas ao um cliente em Sao Pedro. Ato este que prejudicou por demais o detento. Cuja mulher, cumpriu pena com minha filha.
Acredite em Zeca Baleiro Bacharel; O mundo e uma esfiha de carne.Devo realmente estar enganada. Impossível para mim acreditar que um advogado que pode ser o mesmo recentemente acusado de entrar com crack no presidio de SPA, esteja tendo a ousadia de se impor na minha vida. Desculpe Sr., eu escolho meus amigos e correspondentes.
Não é calunia o que digo, e logo adiante veremos o porque.


Aliás fica a pergunta; é o Sr. o protagonista da matéria referida?

Mate minha curiosidade. Resposta que não ficarei sem, assim que informar me na OAB. E questionarei se foi para que pessoas do bem como eu, recebestes recadinhos cretinos, que não lhe cassaram o direito de advogar.
Sempre é tempo senhor. E de ante mão lhe adianto que não tenho medo de bandido do morro, que dirá oficializado. Com a escória humana, tenho km de rodagem. E farejo um cafajeste de longe. Tenho antenas. Sou por demais instintiva. Dificilmente me engano.
Se sua vida é tão solitária ou seu escritório tá sem causas, posso fazer a caridade de ficar lhe respondendo a altura suas mal traçadas linhas. Como sempre estarei fazendo o trabalho sujo dos outros. Este deveria ser papel de sua família dar a atenção e o tratamento médico necessário. Uma vez que devem ter esquecido de lhe ensinar caráter, educação, ética, moral, e honestidade. E deu no que deu. eu continuo exigindo de minha filha. Como digo ela ja cometeu todos os erros que poderia das proximas tres encarnaçoes. Talvez se o caro Bacharel tivesse algum que lhe amasse, v.Sa. ja teria aprendio e evoluido como ser humano. isso ja lhe daria o direito de ser um profissional mediano. Agora tudo junto bacharel, so a familia tem obrigação de aturar.
Se lhe faz bem, continue me mandando respostinhas idiotas e lhe devolverei atitudes como as que acabei de tomar depois de ler três linhas de lixo, e principalmente, sem absolutamente nada para acrescentar ou ensinar. As cópias ocultas que seguem no seu email, com certeza não é para o Maurício de Souza. Renato Aragão ou ainda ao Louro José.
As proximas nem abrirei, o que estiver escrito seguira para OAB e corregedoria do Tribunal. Assim como para minha advogada que lera, me poupando do contato com lixo, imprimirá e anexará ao processo.
Estou comunicando a quem de direito é responsável, de sua má conduta e falta de ética, decoro e ingressar com pedido de suspensão de sua OAB. Aliás, se for V. Sa o protagonista da noticia, não sou a única a desejar V. Sa longe dos tribunais. Juntos caro sr. somos muito fortes. Se tiver sido V. Sa o protagonista da notícia acredite, escapou daquela, mas não escapa desta. chama se reincidência em falta de ética. E se ainda não der nada, lhe obrigarei a manter uma conduta sua irrepreensível daqui para frente enquanto advogado. como pessoa jamais sera problema meu.
Vou lhe devolver o aviso e a autorização a mim concedida. Caso V. Sa insista em tentar ocupar, uma réstia dos meus pensamentos, lhe garanto Sr. bacharel, que lhe arrumarei trabalho de sobra, em busca de sua própria defesa. Comecemos a nos respeitar. Fazer o seu trabalho, não é da minha conta. Não extrapole, nem pense estar lidando com uma “macaca” treinada ou algum de seus clientes de São Pedro. Lugar onde eu pessoalmente entendo que lhe cabe muito bem. Dentro.
Queira, goste V.Sa. e outros ou não, sou bem mais do que isso.
Continuemos.
O mérito da questão é que seu cliente cambalacheiro, trambiqueiro, mau caráter, pilantra, sem palavra e mentiroso e todos os etc & tal, comprou um imóvel, não pagou por ele, mantém o financiamento atrasado em nome de minha filha, não paga o condomínio, e é um grande cafajeste. Isso é minha opinião. Os atos dele comprovam o que eu disse e me poupam a busca de provas.
Isso jamais foi ou será considerado calúnia, caro Bacharel, pelo simples fato que ainda não tornei público.
Deseja o artigo?
No entanto a indicação de internação de minha filha numa clinica psiquiátrica e um fato. E real. Isso deu se graças a falta de caráter e hombridade de seu cliente. e pelo visto da sua. portanto, sou dura demais na queda e sigo minha vida. cuide da sua e do seu medíocre trabalho.
Mantenho o que penso dele e agora de V.Sa. num email. Sem ofensas, apenas me utilizando das atitudes escrotas do seu cliente e de sua postura inadequada. E se mais alguém sabe do que eu falo com ele, é ele quem conta. Não me dê uma importância que não tenho.
Calúnia, Sr. Bacharel, é quando a coisa dita é dita de forma pública. Então por favor, me poupe de seus parcos conhecimentos jurídicos. E não ofenda minha inteligência nem sua categoria.
Alias, veja comentários que extrai da noticia, qual a opinião de advogados decentes, sobre os imorais

Leonardo

"Denuncie este comentário12/10/2008 15:01 Esse advogado e não é o único em São Paulo tá cheio em serviço do PCC deveria no minimo ter a OAB cassada, mas pelas declarações do presidente da OAB vai valer o corporativismo.
--------------------------------------------------------------------------------
Rosane Zuqueii -
dra_rosane@hotmail.com

Denuncie este comentário08/10/2008 22:56 Profissionais como este envergonham toda a nossa classe. Sendo provada sua responsabilidade penal, referido advogado deve ser banido dos quadros da OAB. Lamental e vergonhoso seu comportamento. Advogado criminalista que se preza, atua no processo e não como comparsa do cliente.
Confira a reportagem da rádio CBN/Diário".


Na verdade, ponha-se no seu lugar, para que na audiência reste em mim uma réstia de respeito pelo menos pelo ser humano. Uma vez que como profissional, V.Sa. desde o início é ignorado por mim. Não posso respeitar um profissional que age como uma lavadeira, como um bandido, ferrando a vida do cliente. Como esta fazendo agora com o Sr., Alex. Devo lhe dizer que lhe sou grata. Deve ser sua forma de trabalhar. Uma vez Sr. Bacharel é acaso, duas e coincidência. A terceira vira padrão.
V. Sa deve acreditar que advogar e mandar respostinhas idiotas, paranóicas e inúteis as partes, esquecendo se realmente de seu lugar. Isso só acontece Sr. Bacharel, em escritórios com pouquíssimos clientes. Que deve ser o seu caso. E depois da reportagem, caso seja V. Sa o protagonista, imagino a baixa que deva ter dado em seu escritório. Da mesma forma que imagino os seus clientes de hoje.
Não me diga como agir. Não escrevi ao Sr. ou ao seu cliente pedindo sua autorização para coisa alguma.
Escrevi ao seu cliente avisando as medidas que tomarei. Se ele não se importa com o envolvimento do Sr. Richard, que eu não sei nem qual a cara, eu é que não me preocuparei, caro bacharel.
Enfim, tendo certeza que V. Sa entendeu que mandar e-mail à minha pessoa (estes sim ameaçadores), nada me causa, a não ser a vontade ferrenha de conseguir uma suspensão, pelos motivos já expostos.
Lhe devolvo a máxima: se V. Sa pode me processar ou punir por algo, o faça. Mas não espere que assim como vocês, eu aja como uma Cinderela assustada.
Não é nem nunca foi o meu tipo. Sei de meus direitos, deveres, tenho dignidade e coragem.
E isso caro bacharel, não e para muitos.
Tendo certeza que V. Sa entendeu que está extrapolando seus limites como procurador e como advogado e mostrando-se uma pessoa totalmente sem educação.
Esperar um pedido de desculpas seria como acertar na mega-sena. Sua arrogância, falta de noção e berço, não asseguram uma atitude inteligente destas.
Portanto me contentarei com seu entendimento de quanto está sendo inconveniente e sem limite.
Me atreveria a dizer que seu papel esta sendo patético. Como pessoa. Como advogado, mediocre.
Gostaria de ler seus conhecimentos jurídicos, pois até o momento nada li. Utilize seu veneno, caro bacharel, para fazer boas defesas. Excelentes petições. Os juízes e promotores tem sede disso, acredite.
Sua petulância é considerada por mim desprezível em qualquer ser humano. Eu tenho um sentimento específico, para seres como o Sr. Alex Besouchet Martins e para com todos que tenham atitudes semelhantes: a compaixão. É tudo que consigo dispensar a seres inferiores e desprezíveis.
Eu me darei satisfeita com o pequeno entendimento que lhe solicito. Penso que tudo poderia ser pior. V.Sa. poderia ser meu parente por exemplo.
Porém, graças a Deus, V. Sa é apenas mais um dos milhares de bacharéis que, por incompetência, precisa clamar ser chamado de doutor.
Ficarei sereníssima por ter a esperança que V.Sa. possa entender que enviar-me qualquer tipo de email, principalmente da estirpe dos seus, foi uma liberdade, Sr. bacharel, que não entendo como ou quando V. Sa pensou ter adquirido.
Não me lembro de nenhum momento de insanidade em que eu, Deise Brandão Mariani, tenha lhe concedido tamanha liberdade.
E por fim. Pare de tentar ocupar espaço na minha vida e pensamentos.
Eu escolho Sr. com quem quero duelar.
Não dou a qualquer um este privilégio.
E os minutos que genrosamente pude dedicar á V.Sa. acabaram.

Att

Deise Mariani.

*41) 99.46.62.33
Em tempo: "Caro bacharel. Eu sou a 'maluca' do blog que o judiciario inteiro conheceu em 2009.Assim como todo o departamento de segurança publica do estado.E principalmente o DEAP.Esta em letra pequinha, porque ao contrario de v.Sa nao me orgulho, quando destruo pessoas.
Peço sim, misericorida por meus ideais.

STF custará R$ 2 milhões por dia em 2018.

       O Supremo Tribunal Federal (STF) tem um orçamento de R$ 714,1 milhões previsto para este ano. O montante representa um custo de...